PIX de R$ 750,00 e R$ 800,00 para brasileiros do Bolsa Família com NIS 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0

Beneficiários do Bolsa Família recebem parcelas extras de R$750 e R$800 da Caixa. Descubra quem tem direito ao Pix.

Em tempos de incertezas econômicas, uma luz se acende no fim do túnel para os beneficiários do Bolsa Família. Recentemente, a Caixa Econômica Federal anunciou o pagamento de duas parcelas especiais, de R$750 e R$800. 

Este artigo mergulha nos detalhes dessa novidade, explicando quem tem direito aos valores, as datas importantes para não perder o benefício, e como garantir que você esteja apto a recebê-lo. 

Um guia essencial para todos os beneficiários do Bolsa Família que buscam entender melhor essa iniciativa e como ela pode ajudar a aliviar suas dificuldades financeiras.

PIX de R$ 750,00 e R$ 800,00 para brasileiros do Bolsa Família com NIS 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0
Saiba quem pode receber o Pix do Governo – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Caixa confirma PIX do Bolsa Família: o que isso significa para você?

Você já ouviu a novidade? Os beneficiários do Bolsa Família têm motivos para comemorar! 

Recentemente, foi confirmado pela Caixa Econômica Federal que duas parcelas especiais, uma de R$750 e outra de R$800, serão disponibilizadas para os números de Identificação Social (NIS) terminados em 123456789 e 0. 

Mas o que isso realmente significa para você e sua família? Vamos desvendar juntos!

Entenda os valores

Para garantir essas parcelas adicionais, os beneficiários precisam estar com seus dados atualizados no Cadastro Único e apresentar uma renda per capita mensal familiar de até R$218. 

Além disso, é crucial respeitar as condicionalidades do programa. Mas e se você já estiver bloqueado? Não se preocupe, ainda há esperança de receber o benefício.

Calendário do Bolsa Família

Diante disso, o Bolsa Família de março, vai ser pago de acordo com o último algarismo do NIS (Número de Inscrição Social) de cada beneficiário. Confira. 

  • O NIS que termina em 1 pode sacar desde o dia 15 de março;
  • O NIS que termina em 2 vai receber no dia 18 de março;
  • O NIS que termina em 3 vai receber no dia 19 de março;
  • O NIS que termina em 4 vai receber no dia 20 de março;
  • O NIS que termina em 5 vai receber no dia 21 de março;
  • O NIS que termina em 6 vai receber no dia 22 de março;
  • O NIS que termina em 7 vai receber no dia 25 de março;
  • O NIS que termina em 8 vai receber no dia 26 de março;
  • O NIS que termina em 9 vai receber no dia 27 de março;
  • O NIS que termina em 0 vai receber no dia 28 de março.

Veja também: Pente-fino do Bolsa Família como saber se corro o RISCO de ser excluído em março

Entenda como funciona o pagamento da transferência de renda 

O Bolsa Família é pago de acordo com a composição familiar do beneficiário. O auxílio conta com diversos adicionais. Confira. 

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa na família.
  • Benefício Complementar (BCO): Garante que todas as famílias beneficiadas recebam no mínimo R$ 600.
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): Assegura que nenhum beneficiário receba menos do que o previsto pelo programa anterior, Auxílio Brasil, até maio de 2025.
  • Benefícios de R$ 50 específicos para crianças e gestantes, visando fortalecer o suporte às fases críticas de desenvolvimento.
  • Por fim, BPI (Benefício Primeira Infância) de R$ 150 para crianças de até seis anos de idade. 

Atualização do CadÚnico

Por fim, para manter os dados atualizados, acesse o app do CadÚnico: https://www.gov.br/mds/pt-br/acoes-e-programas/cadastro-unico 

Veja também: Comunicado IMPORTANTÍSSIMO para brasileiros do NIS 1 ao 9 que fazem parte do Bolsa Família

Programa Bolsa Trabalho Oferece Auxílio de R$540 para Desempregados através da Caixa

Em uma iniciativa do programa Bolsa Trabalho, a Caixa Econômica Federal está disponibilizando um auxílio financeiro de R$540 para pessoas desempregadas no estado de São Paulo. O benefício, que será administrado pelo aplicativo Caixa Tem, tem como objetivo principal facilitar o acesso dos beneficiários aos diversos serviços fornecidos pela Caixa. Para se qualificar para este auxílio, os interessados devem estar sem emprego há pelo menos um ano, não podem estar recebendo seguro-desemprego ou quaisquer outros benefícios governamentais similares, devem estar cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e ter uma renda familiar per capita que não ultrapasse meio salário mínimo. Os selecionados para o programa terão a oportunidade de atuar em funções diversas em instituições designadas pelo governo, com uma carga horária de quatro horas por dia. O objetivo do Bolsa Trabalho é proporcionar não apenas uma fonte de renda temporária, mas também promover a capacitação profissional para os cidadãos paulistas mais afetados economicamente pela pandemia.