INSS revela sobre os CPFs premiados e o pacote de presentes envolvendo R$ 1.819,26

O Salário Família do INSS é um importante instrumento de proteção social que garante a milhares de famílias brasileiras o acesso a bens e serviços essenciais.

Muitos brasileiros conhecem os inúmeros benefícios oferecidos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Entre os mais famosos, existem o BPC, aposentadoria, auxílio-doença, entre outros. 

A autarquia federal também é responsável por pagar o salário família. O pagamento pouco conhecido é destinado aos brasileiros que se enquadram nos critérios de elegibilidade. Continue lendo esta matéria para conferir todos. 

INSS revela sobre os CPFs premiados e o pacote de presentes envolvendo R$ 1.819,26
Descubra quais são os CPFs premiados do INSS – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Salário Família:  um benefício do INSS para famílias de baixa renda

O Salário Família é um benefício previdenciário pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aos trabalhadores de baixa renda que possuem filhos menores de 14 anos ou filhos com deficiência de qualquer idade. O objetivo do programa é garantir a proteção social das famílias e contribuir para o seu bem-estar.

Quem tem direito ao Salário Família?

Para ter direito ao Salário Família, o trabalhador precisa atender aos seguintes requisitos:

  • Ser segurado do INSS, o que significa estar contribuindo com a Previdência Social;
  • Ter renda mensal igual ou inferior a R$ 1.819,26 (valor válido para 2023);
  • Ter filhos menores de 14 anos ou filhos com deficiência de qualquer idade.

Valor do Salário Família

O valor do Salário Família varia de acordo com o número de dependentes e a renda familiar. A tabela a seguir mostra os valores para 2023:

Número de dependentesRenda familiar per capita até R$ 909,62Renda familiar per capita entre R$ 909,63 e R$ 1.819,26
1R$ 54,58R$ 42,86
2R$ 109,16R$ 85,72
3R$ 163,74R$ 128,58
4R$ 218,32R$ 171,44
A partir do 5ºR$ 54,58 por dependenteR$ 42,86 por dependente

Como solicitar 

O Salário Família pode ser solicitado de forma online ou presencial:

Online

  • Através do site do governo federal: [[URL inválido removido]]([URL inválido removido])
  • Através do aplicativo “Meu INSS”.

Presencial

  • Em qualquer agência do INSS;
  • Em qualquer posto do Poupatempo;
  • Em qualquer Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Documentos necessários

  • Documento de identidade com foto;
  • CPF;
  • Comprovante de residência;
  • Certidão de nascimento ou RG dos dependentes;
  • Carteira de Trabalho (se tiver);
  • Título de Eleitor (se tiver).

Veja também: INSS joga balde de água FRIA em beneficiários: pagamento vai ATRASAR?

Principais dúvidas sobre o benefício

1. Quem pode receber o Salário Família?

O Salário Família pode ser recebido por trabalhadores de baixa renda que possuem filhos menores de 14 anos ou filhos com deficiência de qualquer idade.

2. Qual o valor do Salário Família?

O valor do Salário Família varia de acordo com o número de dependentes e a renda familiar. Consulte a tabela no artigo para mais informações.

3. Como solicitar o Salário Família?

O Salário Família pode ser solicitado online ou presencialmente. Consulte o artigo para os links e os documentos necessários.

4. O Salário Família é vitalício?

Não, o Salário Família é um benefício não vitalício. É necessário reavaliar a situação do beneficiário a cada ano.

5. Em quais casos o Salário Família pode ser cancelado?

O Salário Família pode ser cancelado se o beneficiário não mais atender aos requisitos, como aumento da renda familiar ou emancipação dos filhos.

Veja também: Contribuição para o INSS mudou em 2024? Confira todas as alterações HOJE (17/02)

INSS anuncia antecipação da aposentadoria para estar profissões

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou em 2024 a antecipação da aposentadoria para profissionais de sete categorias, incluindo médicos, enfermeiros, dentistas, químicos industriais, jornalistas, motoristas de ônibus e aeroviários.

Essa medida visa reconhecer o grau de exposição a agentes nocivos e o tempo de contribuição desses trabalhadores ao INSS.

Para se beneficiar da antecipação, além de pertencer a uma dessas profissões, é necessário comprovar a exposição aos agentes nocivos e ter realizado no mínimo 180 contribuições ao INSS.

A solicitação pode ser feita pelo aplicativo Meu INSS, onde o trabalhador deve preencher os dados e anexar o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP).

A análise e o acompanhamento do processo também são realizados através do aplicativo ou pelo site do INSS, assegurando um processo transparente e acessível para os elegíveis.