Home / Médiotec

Médiotec

Médiotec – MEC lança programa de ensino técnico para estudantes do ensino médio

Saiba tudo sobre o programa Médiotec do Governo Federal

O Médiotec é uma espécie de extensão do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e terá como objetivo a oferta de formação técnica e profissional em tempo integral para estudantes do ensino médio.

http://pronatec.pro.br

Segundo o ministro da Educação Mendonça Filho e o presidente Michel Teme, o programa pretende ofertar 82 mil vagas em todo o país. O Médiotec irá adiantar algumas das mudanças definidas através da Medida Provisória 746/2016, que visa a reforma do ensino no país. Essa formação é voltada exclusivamente para o jovem que está no ensino médio e é parte integrada do Pronatec 2017.

O estudante que participar do Médiotec terá certificação dupla: concluirá o nível médio e também o nível técnico.

O que é Médiotec

O Governo Federal anunciou que irá liberar um montante de R$ 850 milhões para cursos técnicos voltados ao ensino médio e para a ampliação de escolas em tempo integral. Isso tudo acontecerá nessa mesma ramificação do Pronatec, o Médiotec. Mas afinal, o que é Médiotec?

O Médiotec foi lançado juntamente com o Programa de Fomento à Escola em Tempo Integral e faz parte de uma iniciativa do Governo que pretende reformular a forma da educação de nível médio no Brasil. A ideia é que alunos possam ter educação de base e educação técnica simultaneamente. Além disso, os estudantes que fazem o curso técnico façam também estágios em empresas mapeadas.

http://pronatec.pro.br

O primeiro edital está prevendo cerca de 263 mil matrículas no início do Médiotec. Além disso, o que há de informações sobre o programa é que o governo já irá repassar um valor de R$ 700 milhões para que o programa comece no início de 2017. Esses recursos já estariam sendo buscados pelo Ministério da Educação.

O Médiotec é um programa pensado junto com a reforma do Ensino Médio. Segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil tem uma taxa atual de 8,4% de alunos de ensino médio em cursos técnicos, valores que devem ser aumentados através do Médiotec.

A intenção do Plano Nacional de Educação (PNE) é que até a metade de 2014 cerca de 25% das matrículas de estudantes do ensino médio sejam em regime integral, realizadas com cursos técnicos. Atualmente esse número é de apenas 6%.

Médiotec 2017

Já pensando no ano de 2017, haverá um repasse no início do ano para instituições privadas, institutos federais e para o Sistema S, pensando nos cursos técnicos. A ideia é que com o Médiotec 2017 apareçam ofertas de ensino técnico para 18 estados e para o Distrito Federal, onde esses investimentos vão chegar.

Entre as medidas pensadas para uma educação em tempo integral estão alterações que devem ser feitas no ensino médio através da provisória que está em trâmite. O estudante, durante sua formação, terá a opção de escolher uma trajetória entre as seguintes áreas de formação: matemática, ciências da natureza, linguagens, ciências humanas, e também, agora, a formação técnica e profissional. A ideia é que o Médiotec engrandeça esse último eixo de formação.

http://pronatec.pro.br

A intenção também é que o Mediotec restabeleça o crescimento da oferta de ensino e educação técnica ligada ao ensino médio. Segundo o MEC, no ano de 2015 foram oferecidas 44 mil bolsas para estudantes de nível médio. Em 2016 esse número caiu mais ainda: foram apenas 9,1 mil.

Se somado ao Programa de Fomento à Escola em Tempo Integral, o Médiotec conta com um total de investimentos de R$ 850 milhões voltados aos Estados.