X, antigo Twitter vai passar a COBRAR para postar na rede social? Elon Musk se PRONUNCIA!

O magnata discutiu sobre a estratégia de driblar os bots na rede social em conversa com líder israelense.

O bilionário Elon Musk surpreendeu a todos ao comentar durante uma conversa transmitida ao vivo com o primeiro-ministro israelense sobre a possibilidade de tornar o X, ex-Twitter, em um site pago em um futuro próximo. Essa estratégia, segundo Musk, seria adotada como forma de combater os bots, que têm se tornando uma praga nas redes sociais, disseminando desinformação e causando problemas para os usuários de carne e osso.

Futuro da plataforma é incerto para muitos. (Foto: divulgação)

Estratégia

Musk enfatizou durante a conversa que a questão dos bots é um problema crescente que precisa ser enfrentado de maneira efetiva. Argumentou que, cobrando uma taxa de acesso ao site, seria possível implementar medidas mais robustas de segurança e identificação de usuários, tornando mais difícil para os bots se infiltrarem e causarem danos. Essa mudança, se confirmada, marcaria uma nova era para as redes sociais e poderia servir como um modelo para outras plataformas lidarem com a mesma situação.

“Como um bot custa uma fração de centavo, talvez até um décimo de centavo, mas mesmo que tenha que pagar alguns dólares ou algo assim, uma quantia maior, o custo efetivo de bots seria muito alto”, defendeu Elon Musk.

Redes pagas não são novidade. Muitas empresas já adotam esse modelo, oferecendo conteúdo exclusivo e sem anúncios para assinantes. Porém, em um cenário onde o acesso gratuito às redes sociais é quase um direito fundamental, cobrar por uma plataforma como o X pode ser um desafio e tanto. Sem sombra de dúvidas vai ser interessante observar como a equipe do X lidará com essa questão e como eles pretendem convencer os usuários a pagar por algo que até então era gratuito.

Outro aspecto que preocupa é o impacto que essa mudança pode ter na indústria da publicidade digital. Atualmente, as redes sociais são uma das principais fontes de renda para as empresas de publicidade, que utilizam os dados dos usuários para direcionar anúncios personalizados. Com a adoção de um modelo pago, a quantidade de usuários ativos pode diminuir significativamente, afetando diretamente a efetividade dessas campanhas.

Veja também: Usuários do X, o antigo Twitter, estão sendo PAGOS para PROMOVER a rede social

Preocupação com bots ou receita?

A justificativa de eliminação dos bots na plataforma para cobrar pelo serviço, também pode estar aliada à queda de receita que o X teve com a saída dos anunciantes desde a sua chegada. Em Julho desse ano, Elon Musk abriu o jogo revelando que mais da metade do lucro que tinha com publicidade se perdeu. Logo, cobrar um valor mensal dos usuários seria uma forma de desafogar os prejuízos e reaver esse dinheiro.

No momento, o X continua gratuito. E nós, continuamos reconhecendo que Musk é um homem que gosta de arriscar em nome da tecnologia. Apesar dos possíveis motivos por trás dos véus, essa proposta pode ter um impacto positivo na qualidade das interações nas redes. A cobrança de uma taxa pode desestimular a presença de bots e, consequentemente, reduzir a disseminação de notícias falsas, discurso de ódio e outros problemas enfrentados atualmente. Além disso, ao promover um ambiente mais seguro e controlado, pode atrair usuários que estejam dispostos a pagar pela garantia de uma experiência melhor. Nos resta aguardar o desdobramento dessa história.

Veja também: NUNCA poste isso em suas redes sociais: perigo é grande!