Você pode receber parcelas de R$ 117, R$ 470, R$ 940 ou R$ 1,4 MIL ainda HOJE (26); saiba COMO sacar o dinheiro extra!

Recentemente, o governo liberou novas parcelas do PIS/Pasep, que conta com valores diversos dependendo do tempo de trabalho.

O abono salarial PIS/Pasep é uma ajuda financeira anual destinada aos trabalhadores brasileiros que se enquadram em determinados critérios de renda e tempo de serviço.

Desde 15 de fevereiro de 2024, os elegíveis que atuaram formalmente durante o ano-base de 2022 começaram a receber esse benefício, que pode chegar ao valor de um salário mínimo, atualmente em R$1.412,00.

Precisando de dinheiro? Veja se você tem direito a uma das parcelas do PIS/Pasep hoje mesmo!
Precisando de dinheiro? Veja se você tem direito a uma das parcelas do PIS/Pasep hoje mesmo! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Quem tem direito às parcelas do abono salarial?

O abono salarial PIS/Pasep é destinado aos trabalhadores brasileiros que preenchem certos requisitos.

Para ter direito ao benefício, o trabalhador deve ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais e ter trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias no ano-base considerado.

Além disso, é necessário que o empregador tenha informado os dados do empregado de forma correta na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) ou no eSocial dentro do prazo estabelecido.

Esse benefício é administrado pela Caixa Econômica Federal e pelo Banco do Brasil, dependendo do vínculo empregatício do trabalhador.

Não perca: 14⁰ salário do INSS foi confirmado pelo Governo? Saiba tudo sobre o abono extra

Quem não pode receber as parcelas?

Trabalhadores que não têm direito ao abono salarial PIS/Pasep incluem aqueles que não estão registrados no regime CLT, como empregados domésticos, autônomos e trabalhadores rurais sem registro formal.

Além disso, funcionários públicos não elegíveis para o Pasep e pessoas que ganham mais de dois salários mínimos médios mensais também ficam de fora.

É essencial que o trabalhador esteja devidamente registrado e que o empregador cumpra com o envio das informações necessárias para garantir o acesso ao benefício.

Como funciona o pagamento do abono?

O valor do abono é proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base, variando de R$ 118,00 a R$ 1.412,00. Confira:

Meses TrabalhadosValor do Abono
1 mêsR$ 117,67
2 mesesR$ 235,33
3 mesesR$ 353,00
4 mesesR$ 470,65
5 mesesR$ 588,32
6 mesesR$ 706,00
7 mesesR$ 823,66
8 mesesR$ 941,33
9 mesesR$ 1.059,00
10 mesesR$ 1.176,68
11 mesesR$ 1.294,34
12 mesesR$ 1.412,00

Já as datas de pagamento são distribuídas de acordo com o mês de nascimento do trabalhador, começando em 15 de fevereiro para os nascidos em janeiro, seguindo um cronograma mensal. Veja:

Mês de NascimentoData de Pagamento
Janeiro15 de fevereiro
Fevereiro15 de março
Março e Abril15 de abril
Maio e Junho15 de maio
Julho e Agosto17 de junho
Setembro e Outubro15 de julho
Novembro e Dezembro15 de agosto

Saiba mais: Foi vítima do golpe do PIX? Confira os passos para RECUPERAR o dinheiro perdido

Passos para consultar e receber o PIS/Pasep

  1. Acesse a Carteira de Trabalho Digital (https://bit.ly/3xfm82B) ou o portal Gov.br para verificar sua elegibilidade.
  2. Confira se o pagamento foi depositado automaticamente em sua conta, caso seja cliente da Caixa ou do Banco do Brasil.
  3. Para não correntistas, o abono será disponibilizado por outros meios, que serão informados pelas instituições bancárias.
  4. Em caso de dúvidas, contate diretamente as instituições responsáveis.

Dúvidas frequentes

  • Quando começa o pagamento? A partir de 15 de fevereiro de 2024, variando conforme o mês de nascimento ou número de inscrição do beneficiário.
  • Até quando posso sacar? Os valores estarão disponíveis para saque até 27 de dezembro de 2024.
  • Como saber o valor a receber? Realize consultas através da Carteira de Trabalho Digital ou pelo portal Gov.br.

Este benefício é uma excelente oportunidade para os trabalhadores brasileiros complementarem suas rendas anuais.

Verifique sua elegibilidade, fique atento às datas e prepare-se para receber seu abono salarial, planejando com sabedoria o uso deste recurso.

Não deixe de aproveitar esse auxílio que pode fazer uma grande diferença no seu orçamento anual!

Acompanhe mais: Precisa de dinheiro, mas está DESEMPREGADO? Veja 4 formas de conseguir dinheiro NA HORA e aproveite!

Seguro-desemprego 2024: entenda as mudanças

O seguro-desemprego de 2024 apresenta ajustes nos valores e nos critérios para solicitação, devido ao aumento do salário mínimo.

Este benefício, destinado a trabalhadores dispensados sem justa causa, visa fornecer uma assistência financeira temporária.

Para fazer a solicitação, os interessados devem atender a certos requisitos e o processo pode ser realizado tanto presencialmente quanto de forma digital.

Os valores foram reajustados, acompanhando o novo salário mínimo, que agora é de R$ 1.412,00. O benefício continua sendo pago em múltiplas parcelas, dependendo do tempo de trabalho comprovado anterior à demissão.

Esta mudança tem o objetivo de amparar financeiramente quem perdeu o emprego, dando suporte enquanto busca novas oportunidades no mercado de trabalho.