Bolsa Família: veja como realizar sua inscrição pela internet e participe

Se você está em busca de ajuda financeira para a sua família, pode se inscrever no programa de forma simples e fácil pela internet.

Para realizar a inscrição no programa, você pode fazer tudo pela internet. O processo é simples e prático, e garantirá que você e sua família tenham a chance de participar do Bolsa Família. Lá você encontrará todas as informações necessárias para preencher o formulário e completar a sua inscrição.

Ficou fácil se inscrever no Bolsa Família. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br)

Primeiros passos

Uma das principais exigências para fazer parte do programa Bolsa Família é ter a inscrição no Cadastro Único. Essa é uma ferramenta do governo que reúne informações socioeconômicas das famílias de baixa renda. É através desse cadastro que o governo seleciona as famílias que serão beneficiadas pelo programa.

Quem ingressa no Cadastro Único passa a fazer parte de uma lista de espera. Mensalmente, o governo consulta essa lista para realizar a inclusão de novas famílias beneficiárias do Bolsa Família. Isso significa que, ao fazer a inscrição, você estará concorrendo a uma vaga no programa. É importante lembrar que a seleção das famílias é feita levando em consideração critérios estabelecidos pelo governo, como renda familiar per capita e composição familiar.

Quem pode se inscrever?

Estão aptos a se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal:

  • Núcleo familiar com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa;
  • Núcleo familiar com renda mensal total de até três salários mínimos;
  • Núcleo familiar com renda maior que três salários mínimos, desde que a inscrição esteja vinculada à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo;
  • Indivíduos que moram sozinhos – constituem as chamadas famílias unipessoais;
  • Indivíduos que vivem em situação de rua — sozinhas ou com a família.

Veja também: https://pronatec.pro.br/ultimo-pagamento-do-bolsa-familia-esta/

Inscrição online

O pré-cadastro pode ser feito por meio do aplicativo do Cadastro Único ou na versão web. Essa é uma opção prática para quem prefere lidar com tudo pela internet. Mas caso você não queira realizar o pré-cadastro pela internet, não se preocupe. É possível fazer todo o cadastramento diretamente no posto de atendimento do Cadastro Único. Basta se dirigir ao posto mais próximo de sua residência e levar todos os documentos necessários. O atendente irá orientar e auxiliar no preenchimento dos formulários.

Através do aplicativo do Cadastro Único, disponível na Google Play e App Store, você informa os dados do seu núcleo familiar e envia uma solicitação para participação no Bolsa Família. Após concluir esse processo, há um prazo de 120 dias para se dirigir ao posto de atendimento mais próximo de sua residência e finalizar o cadastro presencialmente.

Documentação

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • CPF;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Comprovante de residência com cobrança referente aos últimos três meses.

Os links para baixar e contar com a modernidade de efetuar tudo direto da sua casa são: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.dataprev.meucadunico&hl=pt_BR&gl=US ou https://apps.apple.com/br/app/cadastro-%C3%BAnico/id1605659516.

A inscrição precisa ser feita por um membro da família maior de 16 anos, que tenha Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) ou título de eleitor em seu nome e seja, preferencialmente, mulher.

Veja também: https://pronatec.pro.br/valor-bolsa-familia-2024-governo-federal-bate-martelo/