- Publicidade -

Valor de R$600 pode voltar com o Auxílio Brasil em 2022? Confira!

Centrão vê iniciativa como estratégia para campanha presidencial de 2022

0

O Programa Auxílio Brasil, que substituiu o antigo Bolsa Família, começou a ser pago em novembro deste ano. Porém, somente no mês de dezembro que o governo federal conseguiu cumprir a promessa do repasse no valor de R$400. Agora, já está sendo cogitada a possibilidade que o valor do Auxílio Brasil suba para R$600, assim como era com o auxílio emergencial.

- Publicidade -

Após o anúncio da mudança do Bolsa Família para o Auxílio Brasil, também foi divulgado que ocorreriam pagamentos extras e demais benefícios para outras áreas. Para aqueles que já estavam cadastrados no programa CadÚnico, a transferência ocorreu de forma automática. Além disso, os inscritos do Cadastro Único serão adicionados conforme o passar dos meses, de acordo com uma prioridade que já foi definida pelo governo.

Valor de R$600 pode voltar com o Auxílio Brasil em 2022? Confira!
Possível aumento do Auxílio Brasil animou os brasileiros. Foto: Agência Brasil/Marcello Casal Jr.

Aumento no valor do Auxílio Brasil

De acordo com Lauro Jardim, colunista do jornal O Globo, a base de apoio do presidente no Congresso está de olho na popularidade do presidente, com foco na disputa presidencial de 2022. As pesquisas recentes sobre o assunto não são animadoras e isso pode prejudicar os planos de reeleição de Jair Bolsonaro. Ainda de acordo com o colunista, Valdemar Costa Neto (PL), teria dado uma sugestão de aumentar o valor do Auxílio Brasil para R$600.

- Publicidade -

É importante ressaltar que Valdemar é o presidente do PL, partido que Bolsonaro recentemente se filiou e que faz parte do popularmente conhecido ‘centrão’, no Congresso Nacional. A bancada tem apostado no aumento como uma forma de subir a popularidade do presidente, isso porque quando o valor do Auxílio Emergencial foi divulgado em 2020, a satisfação das pessoas com o governo subiu nas pesquisas.

Veja também: Bônus do Auxílio Brasil: Veja os grupos poderão receber a bonificação

Bancada econômica

Ao mesmo tempo em que essa possibilidade surgiu e tem sido discutida, outros governantes, em especial da bancada econômica, como o próprio Ministro da Economia, Paulo Guedes, não são a favor. Isso porque a realidade é que os gastos públicos seriam elevados ainda mais se essa medida fosse aprovada e poderia prejudicar a parte econômica do país, que já não está indo muito bem.

- Publicidade -

A proposta do furo do teto de gastos para poder iniciar o Auxílio Brasil já em 2021, já assustou os investidores. Se essa medida for aprovada, existe a possibilidade disso provocar um certo descontrole, o que poderia resultar em uma dívida pública ainda maior, entre outros entraves políticos entre a oposição e os apoiadores do governo Bolsonaro.

Veja também: Novidade! Quem recebeu o Auxílio Emergencial terá direito ao Auxílio Brasil a partir de janeiro

 

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais