Vale-gás realmente ACABOU? O que vai acontecer com o benefício em 2023?

O vale-gás é direcionado a uma parcela dos beneficiários do Auxílio Brasil, mas ainda não se sabe se ele deve continuar. Entenda!

O vale-gás é um dos programas de transferência de renda do Governo Federal que tem contemplado os beneficiários durante todo o ano. O benefício, que é pago bimestralmente, é direcionado a apenas algumas famílias, mas muitos se perguntam se ele vai continuar ou não em 2023.

Quer saber quais informações se tem sobre o benefício até o momento? Então continue nos acompanhando abaixo para não perder nenhuma informação importante sobre o tema!

O Governo Federal ainda não informou se o vale-gás deverá continuar no ano que vem. Entenda!
O Governo Federal ainda não informou se o vale-gás deverá continuar no ano que vem. Entenda! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Vale-gás ainda não foi confirmado pelo novo governo

Em dezembro, está acontecendo o último repasse do Auxílio Brasil antes que ele seja substituído pelo Bolsa Família. Além disso, neste mês possivelmente também está sendo realizado o último repasse do vale-gás, que ainda não recebeu confirmação do novo governo para ser liberado.

De início, o benefício que é pago a cada dois meses entregava valores referentes à metade do preço médio do botijão de gás nacional de 13kg. Contudo, após a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Kamikaze, os valores passaram a equivaler a 100% dos produtos.

As famílias que recebem o benefício, que são algumas das que já ganham o Auxílio Brasil e as beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada (BPC) estavam recebendo parcelas médias de R$ 112 juntamente com o pagamento do auxílio. Vale ressaltar que nem todos recebiam o valor porque o programa possui vagas limitadas.

Até o momento, o presidente Lula (PT) confirmou que o Bolsa Família, que retorna no ano que vem, deve manter os valores de R$ 600 e ainda adicionar parcelas de R$ 150 para determinadas famílias. Entretanto, o governo não mencionou uma possível continuidade do vale-gás.

Veja também: ÚLTIMA parcela do ano do Auxílio Brasil e Vale-gás já estão sendo pagas

Caso se mantenha, parcelas devem ser mais baixas

De acordo com os dados enviados pelo então presidente Bolsonaro (PL) ao Orçamento, o vale-gás deveria ser mantido, caso ele fosse reeleito, mas deveria voltar ao preço padrão de apenas metade do botijão de gás. Contudo, com a aprovação da PEC da Transição, que foi proposta para alterar o Auxílio Brasil, não se sabe o que vai ser do vale.

Isso porque a proposta fala sobre direcionar fundos acima do teto de gastos não só para o Bolsa Família, mas também para conceder aumento real no salário mínimo e mais investimento em programas que sofreram redução no governo bolsonarista, como o Farmácia Popular e o Minha Casa Minha Vida. Contudo, não há menções, como dito anteriormente, ao vale-gás.

Portanto, a crença que se estabelece possui dois desfechos: a descontinuidade do programa ou então a redução dos valores para os preços originais. De qualquer forma, os beneficiários só poderão saber com certeza o que vai acontecer no ano que vem.

Calendário de pagamentos do vale-gás

Por fim, o vale está sendo distribuído atualmente juntamente com a última parcela do Auxílio Brasil. Confira o calendário:

  • 12 de dezembro: parcela para número final do NIS 1;
  • 13 de dezembro: parcela para número final do NIS 2;
  • 14 de dezembro: parcela para número final do NIS 3;
  • 15 de dezembro: parcela para número final do NIS 4;
  • 16 de dezembro: parcela para número final do NIS 5;
  • 19 de dezembro: parcela para número final do NIS 6;
  • 20 de dezembro: parcela para número final do NIS 7;
  • 21 de dezembro: parcela para número final do NIS 8;
  • 22 de dezembro: parcela para número final do NIS 9;
  • 23 de dezembro: parcela para número final do NIS 0.

Veja também: Pagamentos em DOBRO: descubra se você tem direito aos auxílios que estão sendo pagos