Vale-gás em abril: calendário de pagamento é LIBERADO, confira as datas

O Vale-gás é um benefício complementar que chega para unir forças com outros pagamentos assistenciais. Neste mês, ele está de volta.

No cenário atual, marcado por adversidades econômicas e os resquícios da pandemia de COVID-19, o Programa Vale-gás dos Brasileiros se destaca como um verdadeiro farol de esperança para milhões de famílias.

Abril chega trazendo mais do que a mudança de estação; traz também a antecipação pela próxima rodada de pagamentos do Vale-gás, um suporte vital na luta diária pela sustentabilidade dessas pessoas. Confira.

Saiba se você tem direito de receber os pagamentos do Vale-gás em abril e quando eles caem na conta.
Saiba se você tem direito de receber os pagamentos do Vale-gás em abril e quando eles caem na conta. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Calendário atualizado do Vale-gás

Este mês, o governo federal desenrola o tapete para o próximo ciclo de repasses do Vale-gás, seguindo sua programação bimestral característica.

Um benefício vital, o Vale-gás é a ponte para muitas famílias brasileiras atravessarem o abismo da necessidade, permitindo-lhes acesso ao essencial botijão de gás de cozinha.

Os pagamentos deste ciclo de abril, alinhados ao Bolsa Família, estão programados para os últimos dez dias úteis do mês, garantindo que os benefícios cheguem de maneira oportuna. Confira:

  • NIS com término 1: 17 de abril
  • NIS com término 2: 18 de abril
  • NIS com término 3: 19 de abril
  • NIS com término 4: 22 de abril
  • NIS com término 5: 23 de abril
  • NIS com término 6: 24 de abril
  • NIS com término 7: 25 de abril
  • NIS com término 8: 26 de abril
  • NIS com término 9: 29 de abril
  • NIS com término 0: 30 de abril

Não perca: Veja como consultar o Bolsa Família pelo seu WhatsApp: processo é MUITO simples!

O Coração do Programa Vale Gás

Lançado como uma bóia salva-vidas para as famílias que sentem o peso da alta dos preços dos combustíveis, o Vale-gás hoje beneficia cerca de 6 milhões de lares, cada um recebendo em média R$100.

O critério de elegibilidade é claro: estar inscrito no CadÚnico com informações atualizadas e ter uma renda familiar per capita que não ultrapasse meio salário mínimo.

Esta iniciativa não apenas oferece um alívio financeiro mas também é um testemunho do compromisso do governo com a equidade social.

Sob a liderança do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o programa ganhou ainda mais importância, prometendo cobrir 100% do custo do botijão a cada dois meses.

No entanto, apesar de atender 6 milhões de famílias, há pedidos em todo país por maior abrangência, dada a existência de mais de 40 milhões de lares elegíveis.

Fique por dentro: Golpe do CadÚnico pode te fazer PERDER seus benefícios: veja como evitar

Como funciona o cálculo do Vale-gás?

O cálculo do Vale-gás considera o valor médio nacional do botijão de gás de 13 kg, visando cobrir uma parte ou a totalidade desse custo para famílias em vulnerabilidade.

O benefício é concedido bimestralmente, com o valor do auxílio variando conforme a política do governo vigente e os ajustes no preço do gás.

Atualmente, o programa visa oferecer um alívio financeiro, facilitando o acesso ao gás de cozinha para essas famílias. Vale destacar que tanto quem recebe o Bolsa Família quanto o BPC podem ter acesso ao extra.

A esperança rumo à expansão

O Vale Gás transcende a noção de um mero benefício financeiro; ele simboliza uma estratégia de fortalecimento da rede de apoio às famílias brasileiras, evidenciando a urgência em se abordar as desigualdades.

Com a esperança de dias econômicos melhores, existe a expectativa de que o programa possa expandir, abraçando mais famílias em sua cobertura.

Acompanhe mais: Cesta básica ADICIONAL no Bolsa Família? Entenda HOJE (02)