UTILIDADE PÚBLICA: veja como usar sua nota do Enem para conseguir Bolsa de Estudos fora do Brasil

Brasileiros podem ingressar em universidades estrangeiras com a nota do Exame Nacional do Ensino Médio. Veja como se preparar

Que a nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) pode ser usada para o ingresso em uma universidade federal, todo mundo já sabe. Mas, você sabia que o exame pode ser a porta de entrada em uma faculdade estrangeira? Poucos brasileiros sabem, mas existem algumas universidades no exterior que aceitam a nota do principal exame admissional do país. 

Inclusive, Portugal tem uma parceria com o Brasil. Então, as universidades públicas do país aceitam estudantes brasileiros. É importante salientar que, diferente do Brasil, as universidades públicas de fora são pagas. Por mais que sejam mantidas pelo Governo, é necessário pagar anuidade ou mensalidade. Em alguns casos, a nota do ENEM pode ser usada para conseguir uma bolsa de estudo, parcial ou integral. 

Continue lendo esta matéria para saber como cursar uma graduação fora do Brasil. 

ENEM
Nota do ENEM pode ser usada em faculdades estrangeiras – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Aprender a usar sua nota do ENEM para estudar fora 

Antes de mais nada é importante deixar claro que a nota do Enem pode ser usada em diversas faculdades em várias partes do mundo. O ideal é que o aluno procure pelas instituições que deseja ingressar. Assim, pode verificar como funciona o processo seletivo para estrangeiros. De forma geral, o vestibular em universidades do exterior são diferentes do que no Brasil. 

Aqui, fazemos uma prova que avalia o nosso nível de desempenho. Caso a nota seja alta, o candidato pode ingressar na universidade. Nas universidades estrangeiras, o aluno é admitido com base em seu boletim escolar. Além do mais, caso possua algum talento especial, têm mais chances de ingressar na faculdade. 

Contudo, algumas universidades de fora aceitam a nota do ENEM para estudantes brasileiros. Basta que o candidato tire uma nota maior do que os outros brasileiros para que ele consiga a vaga. Ou seja, o processo de admissão é o mesmo que o do Brasil.  

Uma boa dica é procurar por agências especializadas. Esse tipo de empresa possui contato com universidades estrangeiras. Assim, é possível saber quais instituições aceitam a nota do Enem. O brasileiro pode concorrer a uma bolsa, ou precisará arcar com os custos. Além da anuidade ou mensalidade, é necessário pagar acomodação, alimentação e plano de saúde. 

Vale salientar que para conseguir a bolsa, mesmo com o Enem, o candidato precisa de outros destaques. Ele deve fazer uma redação, explicando o porquê a faculdade precisa admiti-lo. Além do mais, é necessário que tenha três cartas de recomendação, em geral, de antigos professores. 

Veja também: ESTES são os sinais que pessoas tóxicas apresentam; você convive com alguma?

Saiba como estudar em Portugal 

No caso de Portugal, é possível usar a nota do Enem para entrar em uma universidade. Alguns estudantes conseguem bolsas parciais e descontos na acomodação. Vale a pena fazer a conta, uma vez que o país possui um dos menores custos de vida da Europa. Ou seja, pode compensar mais a graduação lá do que no Brasil. O processo seletivo exige o visto de estudante. Brasileiros com naturalização europeia não podem ingressar na universidade com este método. 

Veja também: Rei Charles 3º é coroado HOJE e sua fortuna bilionária está livre de impostos; entenda o porquê!