URGENTE: Receita antecipa liberação do programa para declaração do Imposto de Renda HOJE

Segundo a previsão original, a Receita Federal deveria liberar a entrega de declaração do Imposto de Renda somente na sexta-feira, mas houve antecipação.

Em uma notícia animadora para os contribuintes brasileiros, a Secretaria da Receita Federal anunciou uma antecipação significativa: o programa para declaração do Imposto de Renda de 2024 estará disponível antes do previsto.

Essa mudança estratégica visa facilitar o processo de declaração para os contribuintes, permitindo um período adicional para a verificação de informações e a organização de documentos necessários. Confira.

Aqueles que vão declarar o Imposto de Renda devem ficar atentos às informações da Receita Federal para não perderem prazos importantes.
Aqueles que vão declarar o Imposto de Renda devem ficar atentos às informações da Receita Federal para não perderem prazos importantes. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Preparação antecipada: um presente para os contribuintes

Com essa antecipação, a Receita Federal oferece aos contribuintes a oportunidade de começar mais cedo o processo de declaração, promovendo uma maior organização e possibilitando a verificação de dados com calma.

Para aqueles com conta no portal Gov.br nos níveis ouro e prata, a declaração pré-preenchida surge como uma opção valiosa, minimizando erros e facilitando o preenchimento.

Confira outros: Mudanças importantes nas cobranças dos PEDÁGIOS estão chegando: confira as alterações!

Declaração pré-preenchida: comodidade e precisão

A declaração pré-preenchida, carregando automaticamente informações sobre rendimentos, deduções, bens e direitos, é um recurso que promete diminuir as chances de erros na declaração.

Essa facilidade destaca a importância de verificar cuidadosamente os dados, garantindo que todas as informações estejam corretas e completas antes da transmissão oficial da declaração.

Novas regras e prazos do Imposto de Renda

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda iria iniciar em 15 de março, mas começará mais cedo, nesta terça-feira, 12 de março. A partir disso, estende-se até 31 de maio, conforme divulgado anteriormente pela Receita Federal.

Com a expectativa de receber cerca de 43 milhões de declarações este ano, a Receita enfatiza a importância de uma entrega tempestiva para quem deseja receber as restituições mais rapidamente.

A novidade deste ano inclui a prioridade na restituição para declarações pré-preenchidas e para contribuintes que optem pelo recebimento via Pix.

Veja outros: Restituição do Imposto de Renda: confira o calendário COMPLETO de pagamento da Receita Federal

Planejamento é essencial

Com a liberação antecipada do programa de declaração do Imposto de Renda, os contribuintes têm uma janela de oportunidade para se prepararem com mais antecedência.

Esse tempo adicional pode ser crucial para reunir documentos, verificar informações e garantir que a declaração seja feita de maneira precisa e consciente.

A iniciativa da Receita Federal não apenas facilita o processo para o contribuinte, mas também promove uma maior eficiência e precisão nas declarações, potencialmente reduzindo o número de erros e a necessidade de retificações futuras.

Quem deve entregar o Imposto de Renda?

Em 2024, devem declarar o Imposto de Renda as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 no ano de 2023, ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte acima de R$ 40.000,00.

Inclui-se também quem obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeitos à incidência do imposto, realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas, ou teve a posse ou propriedade de bens ou direitos, incluindo terra nua, de valor total superior a R$ 300.000,00.

Como fazer a entrega da declaração?

Para declarar o IR em 2024, baixe o programa gerador da declaração no site da Receita Federal (https://www.gov.br/receitafederal/pt-br) ou utilize o aplicativo “Meu Imposto de Renda”.

Reúna todos os documentos necessários, como informes de rendimento, comprovantes de despesas médicas e educacionais, e preencha cuidadosamente as informações solicitadas.

Após a revisão, transmita a declaração utilizando o próprio programa ou app. Opte pelo modelo completo ou simplificado, conforme sua situação, para maximizar sua restituição ou minimizar o imposto a pagar.

Acompanhe também: Declaração pré-preenchida do Imposto de Renda pode economizar seu tempo; veja como fazer isso pelo Gov.br