URGENTE Banco Central reporta vazamento de chaves PIX, descubra se você também está na lista

Mais de 46 mil chaves PIX foram expostas em vazamento de dados, revelando a importância crítica da segurança digital e como podemos proteger nossas informações financeiras.

Em um mundo cada vez mais digital, a segurança das nossas informações financeiras nunca foi tão importante.  Afinal de contas, cada vez mais se fala sobre proteção de dados na internet.

Recentemente, um vazamento de dados envolvendo mais de 46 mil chaves Pix de uma fintech focada em microempreendedores acendeu o alerta para a proteção de dados pessoais e financeiros. 

URGENTE Banco Central reporta vazamento de chaves PIX, descubra se você também está na lista
Banco Central se pronuncia sobre o vazamento do Pix – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Alerta de segurança: sua chave Pix está segura? Descubra agora!

Você já parou para pensar na segurança das suas chaves Pix? 

Recentemente, um incidente envolvendo o vazamento de mais de 46 mil chaves Pix capturou a atenção de muitos brasileiros, especialmente aqueles ligados ao mundo do empreendedorismo e das fintechs. 

Esse episódio trouxe à tona a importância de estar sempre atento à segurança das nossas informações financeiras. Vamos mergulhar juntos nessa história e entender o que aconteceu, além de explorar maneiras de proteger nossos dados.

O que aconteceu?

Entre 1º de janeiro e 22 de fevereiro de 2024, um vazamento expôs dados cadastrais de clientes da Fiducia, uma fintech de crédito voltada para microempreendedores. 

O Banco Central confirmou que informações como nome, CPF, instituição financeira, agência e número da conta foram divulgadas. Contudo, dados protegidos por sigilo bancário, como saldos e movimentações, não foram afetados.

Como verificar seu status e proteger suas chaves

Diante desse cenário, muitos se perguntam: como posso verificar se minhas chaves Pix foram comprometidas e o que fazer para protegê-las? 

Aqui vão algumas dicas:

  • Fique atento a comunicações oficiais: instituições financeiras sérias notificam seus clientes em caso de vazamentos. Cheque seu e-mail e mensagens SMS.
  • Revise suas chaves pix: regularmente, faça uma revisão das chaves Pix cadastradas em seu nome e verifique se há algo fora do comum.
  • Use senhas fortes: garanta que sua conta bancária esteja protegida por uma senha forte e única.

Veja também: Banco do Brasil e o comunicado GERAL para brasileiros com CPF final 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0

Usar o Pix é seguro? Entenda 

O Pix é um sistema de pagamentos instantâneos brasileiro que permite realizar transferências e pagamentos de forma rápida, segura e gratuita, 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive em feriados e finais de semana.

Embora existam alguns incidentes envolvendo a forma de pagamentos, ela é considerada segura. 

Como funciona?

Para usar, você precisa cadastrar uma chave Pix em seu banco ou instituição financeira. 

A chave Pix pode ser o seu CPF, CNPJ, e-mail, número de celular ou uma chave aleatória. 

Depois de cadastrar, você pode enviar e receber pagamentos usando qualquer aplicativo de banco ou instituição financeira que ofereça o Pix.

Quais são as vantagens do Pix?

As principais vantagens do Pix são:

  • Rapidez: as transações são instantâneas, ou seja, o dinheiro cai na conta do destinatário em segundos;
  • Segurança: o pagamento utiliza criptografia de ponta para garantir a segurança das transações;
  • Gratuidade: as transações são gratuitas para pessoas físicas;
  • Disponibilidade: ele está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive em feriados e finais de semana;
  • Praticidade: você pode enviar e receber pagamentos usando qualquer aplicativo de banco ou instituição financeira que ofereça o Pix.

Como cadastrar uma chave Pix?

Para cadastrar uma chave Pix, você precisa acessar o aplicativo do seu banco ou instituição financeira e seguir as instruções. O processo de cadastro é simples e rápido.

Quais são os tipos de chaves Pix?

Existem quatro tipos de chaves Pix:

  • CPF: o seu CPF é a mais utilizada;
  • CNPJ: para empresas e órgãos públicos;
  • E-mail: você pode cadastrar seu e-mail como chave Pix;
  • Celular: você pode cadastrar seu número de celular;
  • Chave aleatória: uma chave gerada aleatoriamente pelo seu banco ou instituição financeira.

Veja também: Banco Central e o FIM do dinheiro de papel: e agora? O que vai acontecer?