TV Aberta e GRATUITA no YouTube? Confira o que irá mudar na plataforma

Gigante no mercado virtual, em 2023, o YouTube deve se lançar também em serviços de transmissões ao vivo de canais de TV. Veja!

Quem gosta da boa e velha programação ao vivo, vai ficar feliz com a novidade pretendida pelo YouTube. Isso porque a plataforma vem conversando com empresas de entretenimento para poder transmitir canais de TV. Nesse caso, a transmissão seria suportada por anúncios, diretamente da sua interface. No entanto, tudo ainda se encontra em fase de testes. Apesar disso, o lançamento da novidade ainda está previsto para 2023.

O sucesso de serviços como o Pluto TV aparentemente despertou a atenção do YouTube. Após se lançar no mercado de streamings, criando uma loja de canais disponíveis em seu próprio sistema, a plataforma se prepara agora para investir no mercado de IPTV. A novidade foi descoberta pelo The Wall Street Journal (WSJ), que inicialmente conversou com algumas pessoas familiarizadas com o negócio. Quer saber mais sobre? Então, veja a seguir.

Conheça os novos planos da plataforma. (Foto: Divulgação).

YouTube estuda investir em serviços de IPTV

Antes de mais nada, é importante destacar que a própria plataforma confirmou que tem feito testes nesse formato, ainda com um pequeno número de usuários. Veja:

“Estamos sempre procurando novas maneiras de fornecer aos espectadores um destino central para encontrar, assistir e compartilhar com mais facilidade o conteúdo que mais importa para eles”, disse um porta-voz do YouTube ao site.

Assim como o Pluto TV, as transmissões veiculadas pelo YouTube vão dar acesso a canais lineares que possuem propagandas ao longo de sua transmissão. De maneira 100% gratuita, um usuário da plataforma vai poder navegar ao longo de toda essa programação e assistir aos conteúdos que mais lhe agradarem.

No entanto, ainda não se sabe quais canais estarão disponíveis no hub. Porém, fontes contaram ao WSJ que a plataforma está em contato com fornecedores de conteúdo, como o Lions Gate Entertainment Corp., A+E Networks, Cinedigm Corp e FilmRise, por exemplo.

Embora essa incursão seja uma empreitada inédita para o serviço (o YouTube TV é um serviço pago, que funciona sem propagandas), é preciso lembrar que o YouTube tem um histórico bastante sólido no ramo de vídeos e anúncios. Afinal, hoje em dia, a plataforma conta com mais de dois bilhões de usuários mensais e gera uma bela receita de publicidade ao Google – algo em torno de 13% do total, de acordo com dados do 3º trimestre de 2022.

Além disso, não há como negar que, se há um negócio em ascensão, esse mercado é o de IPTV suportado por anúncios. Nos Estados Unidos, inclusive, espera-se que a receita publicitária do serviço aumente de US$ 4 bilhões em 2022 para US$ 9 bilhões até 2026. Pelo menos é o que indica as projeções do S&P Global Market Intelligence.

Veja também: 7 dicas PRÁTICAS para deixar seu celular mais rápido 

Plataforma lança também novos serviços de streaming

As novidades do YouTube não param por aí. Isso porque, em novembro de 2022, a plataforma surpreendeu ao se lançar também no mercado de streamings. Trata-se do Primetime Channels, uma “loja de streamings” operada dentro da sua própria interface. Em síntese, através dela, um usuário pode assinar qualquer streaming parceiro no qual esteja interessada e assistir ao seu catálogo diretamente pelo YouTube. Entre as opções disponíveis, podemos citar streamings internacionalmente reconhecidos, como Paramount+, Starz (Lionsgate+ no Brasil), Showtime e AMC+.

Saiba mais: Lista reúne os 5 IPTVs mais baratos do Brasil: todos são LEGAIS!