Truques para você APLICAR no exame do Enem 2023

Conheça algumas táticas para dominar a interpretação de texto do ENEM e comece a aplica-las agora mesmo

Para conquistar a tão sonhada vaga na faculdade, dominar a interpretação de texto do ENEM é algo fundamental para se sair bem na prova. Se você conseguir ler com precisão o que pede cada questão, será mais fácil conquistar uma pontuação de destaque no exame.

Por isso, as questões de interpretação exigem atenção e muito estudo prévio dos estudantes. Saiba como usar alguns truques e dicas para conseguir analisar os contextos sem errar mais.

Truques para você APLICAR no exame do Enem 2023
ENEM: como se sair bem na interpretação de texto. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia

Dicas infalíveis para se sair bem na prova do ENEM 

Para alcançar o sucesso no exame, além de estudar muito, o estudante também precisa usar algumas cartas na manga. Sendo assim, vamos mostrar uma lista com algumas dicas para alcançar uma boa nota no ENEM e sair na frente. Confira:

Veja também: ENEM 2023: esses são os PRINCIPAIS temas que podem cair no exame

1. Desvendando as entrelinhas do ENEM para compreender os textos

A primeira etapa para dominar a interpretação de textos do ENEM é desenvolver uma habilidade de compreensão. Os estudantes se deparam com a complexidade dos textos, sendo assim, as questões se tornam verdadeiros enigmas.

As questões de interpretação baseiam-se em mergulhar em palavras das entrelinhas, e tentar absorver significados mais profundos para encontrar as respostas. Para começar faça uma leitura profunda da pergunta, leia atentamente e tente encontrar os detalhes e as ideias centrais do texto.

Identifique as palavras-chave pois elas são o foco do texto na maioria das vezes. Assim, será o início de uma base sólida de construção para interpretar os detalhes de forma eficaz.

Quando for analisar os textos veja as conexões entre as partes, como o uso de conectivos: “além disso”, “por outro lado” e “assim como”, esses detalhes são reveladores.

Os elementos de transição indicam mudanças de direção das ideias e ajudam a entender o contexto. Desvendar essas relações é abrir as portas para compreender as nuances do texto.

Analise as entrelinhas e identifique pontos de vista sutis, argumentos implícitos e a intenção do autor. Isso vai enriquecer suas respostas e fazer com que haja uma compreensão mais profunda do material.

2. Inferir e Analisar

A habilidade de inferir e analisar foge da interpretação superficial do texto. Ao enfrentar textos complexos no Enem, é essencial entender os significados ocultos entrelaçados nas orações que compõem o texto. 

Essa é uma posição vantajosa para responder às questões com mais precisão e certeza. Comece identificando as pistas contextuais subjacentes do tipo: “como se”, “talvez” ou “parece”. Elas podem sugerir interpretações sutis, então, ao observar esses indícios, você coletará informações para concluir o que está procurando.

Além disso, se encontrar metáforas, comparações ou figuras de linguagem no caminho, é preciso investigar o propósito delas. Para isso, questione-se: “Porquê o autor escolheu usar essa linguagem? O que isso adiciona ao significado do texto”?

Ao interpretar essa parte do texto, pergunte-se como as ideias apresentadas se relacionam com todo o cenário apresentado da forma mais ampla que você puder. Considere as informações conectadas a temas e questões sociais, culturais e históricas. Essa abordagem o ajudará a tirar conclusões mais precisas e fundamentadas.

3. Contextualizando e ampliando as perspectivas

A habilidade de contextualizar é abrir uma janela para enxergar além das palavras. Ao contextualizar você estabelece conexões com o mundo ao seu redor.

Essa compreensão é o alicerce para construir interpretações sólidas. Dessa forma, você estará mais apto a relacionar o texto a outras disciplinas, enriquecendo sua perspectiva e analisando as intenções do autor.

Verifique se os conceitos apresentados no texto se relacionam com outras disciplinas, como Sociologia, Filosofia, Ciências, História etc. Esse olhar amplo e abrangente é extremamente valorizado no Enem.

4. Revisando e refinando suas habilidades no exame do ENEM 

“A prática leva à perfeição” mas infelizmente no exame do ENEM o “feito não é melhor do que o perfeito”. Ou você consegue uma nota máxima ou próximo disso ou perde a vaga para outro candidato mais qualificado.

A prática e a revisão são os maiores alicerces de provas concorridas como essa. A chave para o sucesso está em saber usar a interpretação de textos na hora certa e sem erros.

Por isso, praticar regularmente as questões de provas anteriores é o ideal para treinar o cérebro e deixá-lo mais forte e mais calibrado. Ao testar uma variedade de textos, você vai aprender muito mais.

Uma vez que você terá acesso a diferentes estilos, temas e complexidades para se debruçar e estudar. Essa é uma das formas para se preparar para o exame. 

Resolva questões de interpretação de textos de edições anteriores, familiarize-se com os tipos de questões e treine, mas também use estratégias idealizando também outros cenários reais. 

Relacione um tema com outro e anote os erros que cometeu e os pontos que você sentiu mais dificuldade, dessa forma, você poderá direcionar melhor o seu foco durante a revisão. 

Analise as respostas corretas e identifique o seu padrão de falhas. Condicione seus esforços para estudar mais sobre aquelas questões que você mais errou e tente refazer as questões até acerta-las. 

Saiba mais: MEC dá recado importantíssimo para quem vai fazer o Enem em 2023