- Publicidade -

Trabalhadores podem sacar mais de R$ 6 MIL ainda neste mês; saiba como!

Apenas trabalhadores que moram em algumas regiões podem sacar.

0

Cerca de R$ 6 mil já podem ser retirados pelos trabalhadores por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esse saque é permitido para os trabalhadores que moram nas áreas atingidas pelas fortes chuvas deste ano. Os trabalhadores podem sacar os valores se tiverem saldo na conta do FGTS. Muitos estados brasileiros registraram estragos por conta de alagamentos.

- Publicidade -

No total, 120 municípios registraram calamidade pública e valores foram autorizados pela Caixa Econômica Federal. Mas para que os moradores recebam a quantia, o estado precisa O oficializar o estado de emergência.

Saque calamidade/Divulgação

Em quais cidades os trabalhadores podem sacar o FGTS?

Os locais que tiveram cidades contempladas com a liberação do FGTS foram os seguintes:

- Publicidade -

  • Bahia;
  • Espírito Santo;
  • Minas Gerais;
  • Rio de Janeiro;
  • São Paulo.
  • Belford Roxo (RJ)
  • Santo Antônio do Amparo (MG).

Entretanto para receber a quantia, o trabalhador deve ter saldo suficiente no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Pode ser utilizada conta ativa e inativa, desde que tenha valores para saque. Além disso, o interessado não pode ter feito nenhum tipo de saque nos últimos 12 meses.

Quem resgatou algum dinheiro do FGTS por meio de saque-aniversário ou outro tipo de resgate, não poderá retirar a quantia.

Veja também: Bolsonaro perdoa dívidas e oferece desconto de até 99%; entenda!

- Publicidade -

Em quais situações o trabalhador pode sacar o valor do FGTS?

  • Alagamentos;
  • Desastre decorrente do rompimento ou colapso de barragens com danos a imóveis;
  • Enchentes ou inundações graduais;
  • Enxurradas ou inundações bruscas;
  • Inundações litorâneas provocadas pela brusca invasão do mar;
  • Precipitações de granizos;
  • Tornados e trombas d’água;
  • Vendavais extremamente intensos, furacões, tufões ou ciclones tropicais;
  • Vendavais muito intensos ou ciclones extratropicais;
  • Vendavais ou tempestades.

Auxílio à população

Devido aos estragos causados pelas chuvas, muitas famílias ficaram desempregadas e sem dinheiro para arcar com custos emergenciais. Por isso, o governo federal por meio da Caixa Econômica liberou os valores do Fundo de Garantia.

- Publicidade -

O auxílio aos trabalhadores vai trazer muitos benefícios, ajudando as famílias a se reerguerem. Mas a cidade precisa estar em situação de calamidade pública.

Para isso, o governo também acelerou o processo para que a solicitação seja reconhecida com rapidez. O processo é realizado pela Caixa Econômica Federal que tem ido aos municípios para auxiliar os prefeitos nesta execução.

Desta forma, os trabalhadores com saldo no Fundo de Garantia e que moram em uma das cidades em situação de emergência, podem resgatar até RS 6 mil. A retirada pode ser feita em qualquer agência da Caixa Econômica Federal.

Veja também: Governo REVELOU aumento no salário mínimo? Confira o valor esperado para o próximo ano

- Publicidade -

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais