Trabalhadores podem estar recebendo valores INCORRETOS de remuneração? Confira o seu caso!

Ao estar trabalhando, é importante ter certeza que se a remuneração pelo serviço está correta. Por isso, trabalhadores devem ficar atentos.

O Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) é uma base de dados que armazena informações previdenciárias, trabalhistas e sociais fornecidas por fontes autorizadas.

Este cadastro permite aos indivíduos acessarem seu histórico de contribuições e verificarem a consistência dos dados enviados.

Recentemente, muitos contribuintes notaram remunerações abaixo do salário mínimo no CNIS, o que pode exigir ajustes.

É essencial que as contribuições individuais respeitem o piso nacional e o teto previdenciário, atualmente em R$ 7.786,02.

Caso o valor recolhido seja inferior ao mínimo, é necessário complementar para que a contribuição seja reconhecida, uma prática que precede a reforma da previdência de 2019. Confira detalhes.

Os trabalhadores devem sempre ter certeza de que estão recebendo pagamentos adequados. Confira como.
Os trabalhadores devem sempre ter certeza de que estão recebendo pagamentos adequados. Confira como. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Como trabalhadores podem acessar o extrato do CNIS?

Para consultar seu extrato do CNIS, você pode seguir alguns passos simples. Primeiro, acesse o aplicativo Meu INSS ou o site Meu INSS.

No menu de serviços, selecione “Certidões, Declarações e Extratos” e depois “Extrato de Contribuição (CNIS)”. Você também pode digitar “CNIS” na caixa de pesquisa e selecionar a opção correspondente.

Escolha o tipo de extrato com relações previdenciárias e remunerações e verifique se há alguma remuneração com indicador de recolhimento inferior ao salário mínimo.

O acesso é gratuito e pode ser feito de qualquer lugar, garantindo que você possa monitorar suas contribuições e verificar se há pendências ou ajustes a serem feitos.

Caso encontre recolhimento abaixo do mínimo para empregados e prestadores de serviço após novembro de 2019, utilize o serviço “Ajustes para Alcance do Salário Mínimo (Emenda Constitucional 103/2019)” no Meu INSS.

O sistema oferecerá opções de ajuste, incluindo agrupamento ou complementação via DARF. Para contribuintes individuais e facultativos antes de novembro de 2019, utilize o serviço “Cálculo de GPS (Diferença de Valor Devido)”.

Após gerar a guia de pagamento da diferença, o pagamento deve ser realizado em bancos autorizados, e a regularização será refletida no CNIS.

Saiba mais: ESTES são os estados brasileiros que pagam MUITO BEM os trabalhadores: aproveite!

Ajustando as contribuições

Se identificar recolhimento abaixo do mínimo, siga alguns passos para ajuste. Acesse o Meu INSS e busque por ajustes. Selecione o ano da competência com pendência e analise as sugestões de ajuste.

O sistema informará o valor a ser pago e, após o pagamento, a regularização será refletida no CNIS. É importante observar que ajustes aceitos não podem ser revertidos.

O serviço de cálculo de GPS não se aplica a migração de plano de contribuição ou competências prescritas anteriores a novembro de 2018.

Veja mais: Carteira de Trabalho Digital vai permitir EMPRÉSTIMOS com desconto em folha: entenda a novidade!

Importância da regularização para trabalhadores

Manter o CNIS atualizado é crucial para garantir que suas contribuições sejam corretamente contabilizadas e que você tenha acesso aos benefícios previdenciários.

Se tiver alguma dúvida ou dificuldade durante o processo, o INSS oferece canais de atendimento que podem auxiliar você.

Verificar regularmente suas contribuições no CNIS ajuda a identificar e corrigir eventuais pendências, assegurando que todas as suas contribuições sejam reconhecidas.

Além disso, a regularização das contribuições garante que você esteja em conformidade com as regras previdenciárias, evitando problemas futuros na hora de solicitar benefícios como aposentadoria ou auxílio-doença.

O acesso ao CNIS é uma ferramenta importante para todos os contribuintes, permitindo o acompanhamento de suas informações previdenciárias de forma fácil e rápida.

Manter-se informado e atualizado sobre suas contribuições é uma responsabilidade que pode trazer tranquilidade e segurança para o futuro.

Portanto, não deixe de verificar suas informações no CNIS regularmente e realizar os ajustes necessários para garantir que suas contribuições estejam corretas e completas.

Veja mais: Nova LEI muda futuro do trabalho para motoristas de app: veja as NOVIDADES!