Teste de gravidez de farmácia deu positivo, é necessário fazer exame de sangue

Apesar da confiabilidade dos testes de gravidez das farmácias, o exame de sangue pode ser recomendado para informações detalhadas e monitoramento da saúde gestacional.

Após um teste de gravidez de farmácia positivo, muitas mulheres se veem diante da dúvida: é necessário fazer um exame de sangue para confirmar a gravidez? 

Os testes de farmácia, hoje, são altamente confiáveis, capazes de detectar o hormônio HCG, que indica a presença de uma gestação. 

No entanto, o exame de sangue pode oferecer informações mais detalhadas sobre a saúde da gestação, especialmente em casos específicos. Este artigo explora quando e por que considerar o exame de sangue após um resultado positivo.

Teste de gravidez de farmácia deu positivo, é necessário fazer exame de sangue
Saiba o que fazer quando o teste de gravidez der positivo – Crédito: Pexels

Teste de gravidez de farmácia positivo: é necessário o exame de sangue?

Ao descobrir um teste de gravidez de farmácia positivo, muitas mulheres se questionam sobre a necessidade de confirmar a gestação através de um exame de sangue. 

Especialistas afirmam que, embora o teste de farmácia já indique a presença do hormônio HCG – produzido durante a gravidez, o exame de sangue não é obrigatório, mas pode ser recomendado em situações específicas.

Confiança nos resultados do teste de gravidez de farmácia

Os testes de gravidez de farmácia são confiáveis e capazes de detectar a presença do hormônio HCG no organismo, que só é produzido quando há um embrião em formação. 

Uma linha fraca no resultado não significa um falso positivo, mas em certos casos, o médico pode solicitar um exame de sangue beta-HCG para obter informações mais detalhadas.

O papel do exame de sangue Beta-HCG

O exame de sangue pode ser útil para acompanhar o aumento dos níveis de HCG, que deveriam dobrar a cada dois a quatro dias em uma gravidez saudável. 

Este exame fornece uma quantificação precisa do hormônio, com níveis acima de 25 IU/L considerados positivos, e pode ser particularmente recomendado para verificar a saúde da gestação.

Monitoramento e diagnóstico preciso

Apesar da confiabilidade dos testes de farmácia, o exame de sangue oferece uma visão mais detalhada sobre os níveis de HCG, o que pode ser útil em diagnósticos específicos, como na identificação de uma gestação gemelar. 

Por outro lado, o acompanhamento contínuo dos níveis de HCG sem necessidade pode gerar ansiedade desnecessária em gestações saudáveis.

Veja também: Bebê a bordo? Confira quais os SINTOMAS de gravidez que POUCAS pessoas te contam!

Meu teste deu positivo, quais são os próximos passos? 

Receber um resultado positivo em um teste de gravidez pode ser uma experiência emocionante e ao mesmo tempo desafiadora para muitas mulheres. 

É natural sentir uma mistura de emoções, desde a felicidade até a ansiedade. Nesse momento, é crucial buscar orientação e tomar medidas importantes para garantir a saúde da gestante e do bebê.

Procurando aconselhamento médico

Após um teste de gravidez positivo, é fundamental marcar uma consulta com um profissional de saúde, como um obstetra ou ginecologista, o mais rápido possível. 

Durante essa consulta, o médico poderá confirmar a gravidez por meio de exames clínicos e laboratoriais, além de oferecer orientações sobre cuidados pré-natais, suplementação vitamínica e estilo de vida saudável durante a gestação.

Comunicando a notícia

Decidir quando e como compartilhar a notícia da gravidez é uma decisão pessoal e única para cada mulher. 

Alguns optam por compartilhar imediatamente com o parceiro, familiares e amigos próximos, enquanto outros preferem esperar até que estejam mais confortáveis e seguros. 

Independentemente da abordagem escolhida, é importante comunicar a notícia de maneira cuidadosa e amorosa, reconhecendo que cada pessoa pode reagir de forma diferente.

Veja também: Sintomas de gravidez que POUCOS conhecem: você pode estar grávida e não sabe