Tesouro Direto vale a pena Saiba quanto rende R$ 10 mil

O Tesouro Direto, com suas novas opções e benefícios fiscais, representa uma escolha segura e rentável para investidores, especialmente para quem visa aplicar R$ 10 mil.

Na busca por investimentos seguros e rentáveis, muitos se perguntam sobre a viabilidade do Tesouro Direto, especialmente ao considerar aplicar R$ 10 mil. 

Este artigo explora as vantagens, as recentes inovações e a rentabilidade do Tesouro Direto, oferecendo uma perspectiva sobre sua capacidade de proteger e valorizar o patrimônio do investidor frente à inflação.

Caixa Tem libera nova linha de crédito fácil veja quem pode solicitar
Todos os detalhes da nova linha de crédito do Caixa Tem – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Vale a pena investir no Tesouro Direto? Quanto rende investir R$ 10 mil

O Tesouro Direto é uma opção de investimento que tem se destacado no mercado financeiro. 

Combinando segurança e rentabilidade, ele se apresenta como uma alternativa viável para quem busca proteger e aumentar seu patrimônio. 

Mas, será que vale a pena investir no Tesouro Direto, especialmente quando pensamos em aplicar um montante de R$ 10 mil? Vamos mergulhar nos detalhes para descobrir.

O Tesouro IPCA e a proteção contra a inflação

Uma das grandes vantagens do Tesouro Direto, especialmente o Tesouro IPCA, é sua capacidade de proteger o poder de compra do investidor. 

Ao indexar os rendimentos à inflação, garante-se que o valor investido não só cresça mas também supere o aumento dos preços, preservando assim o valor real do dinheiro ao longo do tempo.

Novidades no Tesouro Direto

Recentemente, o Tesouro Nacional lançou novos títulos, como o Tesouro Renda+ e o Tesouro Educa+, ampliando o leque de opções para os investidores. 

Essas novidades são particularmente interessantes para quem tem objetivos específicos de longo prazo, como a construção de uma reserva para a aposentadoria ou investimentos na educação.

Imposto de renda e rentabilidade

O tratamento do imposto de renda no Tesouro Direto favorece o investidor de longo prazo. 

Com a tabela regressiva de IR, quanto mais tempo o dinheiro fica investido, menor é a alíquota cobrada sobre os ganhos, o que resulta em uma rentabilidade líquida mais atrativa.

Quanto rende R$ 10 mil no Tesouro Direto?

A rentabilidade de um investimento de R$ 10 mil no Tesouro Direto varia de acordo com o título e o prazo escolhido. 

Por exemplo, no Tesouro Prefixado 2027, com uma taxa anual de 10,21%, o valor resgatado pode variar conforme o período do investimento, mostrando rendimentos progressivos que se tornam mais significativos com o tempo.

A cada ano de aplicação, o brasileiro pode receber R$ 1.070. 

Veja também: Lista reúne 4 coisas que clientes do Nubank podem fazer com seus cartões

Poupança ou tesouro nacional? Qual é a melhor opção de investimento?

Investir R$ 10 mil pode ser o primeiro passo para realizar sonhos e alcançar objetivos financeiros. Mas qual a melhor opção: a tradicional poupança da Caixa ou o Tesouro Direto? Vamos comparar!

Rentabilidade

Esta é a rentabilidade da poupança:

  • Rendimento atrelado à Taxa Referencial (TR) + 0,5% ao mês.
  • Atualmente, com a TR zerada, a rentabilidade é de apenas 0,5% ao mês.
  • Em 12 meses, R$ 10 mil renderiam R$ 60.

Esta é a rentabilidade do Tesouro Direto:

  • Diversas opções de títulos com diferentes rentabilidades.
  • Tesouro Selic: acompanha a taxa Selic, atualmente em 13,25% ao ano.
  • Tesouro IPCA+: rentabilidade prefixada + IPCA (inflação).
  • Em 12 meses, com a Selic, R$ 10 mil no Tesouro Selic renderiam cerca de mil reais.

O Tesouro Direto oferece maior potencial de rentabilidade. 

Veja também: Clientes do Nubank podem solicitar novas modalidades de empréstimos