Tabela do PIS é REVELADA: confira os valores e as datas de pagamento!

Veja os valores referentes ao ano-base de 2020

O PIS/PASEP (Programa de Integração Social e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é um abono salarial concedido para os trabalhadores brasileiros que realizaram suas atividades de maneira formal. Geralmente, ele é pago no ano seguinte ao ano-base. Sendo que ano-base é o ano trabalhado. 

Como já dito antes, ele é pago para o trabalhador formal. Ou seja, é necessário ser contratado pelo regime da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), caso o funcionário seja da iniciativa privada. Enquanto isso, o PASEP, é pago para os servidores públicos. O abono do ano-base de 2020 foi concedido, apenas, em 2022. 

Portanto, o abono salarial referente ao ano passado, 2021, será concedido ano que vem, em 2023. Diante disso, muitas pessoas ficam em dúvidas sobre quem tem direito ao benefício, bem como qual será o valor pago aos trabalhadores. 

Tabela-do-PIS-é-REVELADA
O Programa de Integração Social (PIS) é um abono salarial pago para os trabalhadores da iniciativa privada – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Veja quem tem direito ao  PIS/PASEP

Como já dito antes, o abono salarial do  PIS/PASEP é pago uma vez por ano, para os trabalhadores formais. Enquanto que o PIS é pago pela Caixa Econômica Federal, o PASEP, pelo banco do Brasil. O Governo Federal revelou a tabela de pagamento do PIS. Portanto, nesta matéria iremos focar no pagamento do abono para trabalhadores da iniciativa privada. 

O primeiro passo para ter direito ao benefício é ter carteira assinada. Ou seja, ser contratado pelo regime da CLT. É necessário que o trabalhador tenha exercido atividade formal e remunerada por, pelo menos, 30 dias, consecutivos ou não, durante o ano-base. Além do mais, ele precisa estar inscrito no PIS/PASEP há, no mínimo, 5 anos. O último critério para receber o abono, então, é que a pessoa tenha ganhado uma média salarial de até dois salários mínimos durante o ano-base. 

Dessa forma, a conta do  PIS/PASEP é feita com base no tempo em que ela trabalhou. É necessário pegar o salário-mínimo, dividir por 12 e multiplicar pela a quantidade de tempo trabalhado, em meses. Assim, quem trabalhou por um mês, recebe o menor valor. Enquanto isso, quem trabalhou os 12 meses do ano, recebe o maior valor, que é de um salário-mínimo. 

Em 2022, quem poderá sacar o PIS, trabalhou no ano-base de 2020. Ainda não uma tabela para o PIS de 2023. 

Veja também: Mulheres tem direito de sacar até R$ 5.000 através da CAIXA: confira os requisitos!

Tabela do abono

Diante disso, veja quanto trabalhador vai ganhar com PIS em 2022

  • Quem trabalhou por um mês: R$ 101,00; 
  • Quem trabalhou por dois meses: R$ 202,00; 
  • Quem trabalhou por três meses: R$ 303,00; 
  • Quem trabalhou por quatro meses: R$ 404,00; 
  • Quem trabalhou por cinco meses: R$ 505,00; 
  • Quem trabalhou por seis meses: R$ 606,00; 
  • Quem trabalhou por sete meses: R$ 707,00; 
  • Quem trabalhou por oito meses: R$ 808,00; 
  • Quem trabalhou por nove meses: R$ 909,00; 
  • Quem trabalhou por dez meses: R$ 1.010,00; 
  • Quem trabalhou por onze meses: R$ 1.011,00; 
  • Quem trabalhou por doze meses: R$ 1.212,00. 

Veja também: 1ª e 2ª parcela do 13º SALÁRIO tem até esta data para serem repassados; confira!