SUPER PIX da Receita Federal: como vai funcionar? Quem pode receber?

A Receita Federal está disponibilizando um novo lote da restituição do Imposto de Renda para quem teve problemas com a sua declaração. Portanto, veja quem tem direito ao Super Pix.

O Pix se caracteriza como um modo de transferência monetária instantânea e de pagamento eletrônico oferecido em real brasileiro. A ferramenta é ofertada pelo Banco Central, sendo oferecida para as pessoas físicas e jurídicas que funciona durante 24h de forma ininterrupta, de forma a se estabelecer também como o meio de pagamento mais recente do Sistema de Pagamentos Brasileiro. 

A modalidade de pagamento vem sendo elaborada desde o final de 2016, época na qual uma equipe de técnicos do Banco Central com detalhes do projeto. No entanto, só foi disponibilizado para os brasileiros cadastrarem as suas chaves em 2020. Desde que foi disponibilizado, o Pix faz sucesso entre os brasileiros, isso porque oferece uma série de vantagens e está constantemente sendo aprimorado. 

Nos últimos dias, foi anunciado o “Super Pix” da Receita Federal. Portanto, confira a seguir como funciona a novidade e quem recebe a próxima rodada de pagamentos!

Receita Federal paga lote da restituição para quem caiu na malha fina do Imposto de Renda. Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Entenda como funciona o Super Pix da Receita Federal

A Receita Federal anunciou o início de uma nova rodada de pagamentos do chamado “Super Pix” e o primeiro lote referente à restituição residual do Imposto de Renda já foi depositado. O lote em questão abrange os contribuintes que, por algum motivo, acabaram caindo na malha fina. Dessa forma, agora será destinado um montante de R$ 600 milhões para um grupo de 354,5 indivíduos.

O primeiro lote de pagamentos foi liberado na terça-feira (31) às 10 horas. Dessa forma, para saber se você está entre os beneficiados, é necessário seguir as seguintes instruções:

  • Acesse o site da Receita Federal;
  • Clique na opção onde está descrito “Meu Imposto de Renda”;
  • Por conseguinte, selecione “Consultar Restituição”;
  • Informe o seu CPF, data de nascimento e também o ano da restituição. 

A partir disso, o valor da restituição será transferido diretamente para a mesma conta bancária informada no documento de declaração do Imposto de Renda, ou para quem preferir, através do sistema Pix. No entanto, é importante enfatizar que a restituição é paga para as pessoas que não receberam os valores anteriores devido a problemas com a Receita Federal.

Confira também: O que você faria com um PIX de R$ 50 MIL recebido por engano? Este homem surpreendeu ao passar por isso

O que fazer caso o seu dinheiro não tenha sido pago?

Em determinadas situações, o contribuinte pode ter direito à restituição, porém o valor não é depositado por conta de problemas como contas desativadas ou erros de digitação. Caso isso aconteça, não existem motivos para preocupação, isso porque o valor permanece disponível para ser resgatado por até um ano pelo Banco do Brasil. Para reagendar o pagamento, é necessário entrar em contato com o banco por meio dos canais:

  • Portal Banco do Brasil.
  • 4004-0001 (capitais).
  • 0800-729-0001 (demais localidades).
  • 0800-729-0088 (telefone exclusivo para deficientes auditivos).

Já em casos onde o contribuinte não consegue resgatar o valor dentro do período de 12 meses, seja devido a esquecimento ou outra razão, é preciso solicitar a restituição por meio do portal e-CAC. 

Saiba mais: É HOJE (31): Receita Federal realizará o PAGAMENTO do lote RESIDUAL do Imposto de Renda