O que vem por aí? Programa substituto do Auxílio Emergencial ou prorrogação do benefício com novo valor a partir de julho…

Atualizado Hoje!

Programa substituto do Auxílio Emergencial ou prorrogação do benefício? Entenda o que o Governo Federal pretende fazer a partir de agosto!

O clima em Brasília é de tensão nessas últimas semanas. Com a CPI da Covid-19 e a crise financeira, o Governo Federal está precisando dar uma resposta rápida para a população. Por isso existe a discussão sobre um programa substituto do Auxílio Emergencial ou a prorrogação do benefício a partir de julho. 

Entenda qual é o levantamento no momento e saiba qual vai ser a melhor opção para você: Auxílio, Bolsa Família ou um novo programa. Saiba o que foi confirmado até o momento pelos Ministérios da Economia e Cidadania. 

Programa substituto do Auxílio Emergencial ou prorrogação do benefício
Imagem: Divulgação

Aumento do Bolsa Família 2021 

O presidente Jair Bolsonaro está adotando um tom cada vez mais enfático sobre o aumento do Bolsa Família em 2021. Na última semana de abril, em conversa com eleitores, ele confirmou que pretende garantir esse aumento imediatamente após o fim do Auxílio Emergencial. 

O novo valor do Bolsa Família em 2021 pode ser de R$ 250,00, de acordo com Bolsonaro. Hoje em dia o ticket médio do programa é de apenas R$ 190,00: ou seja, seria garantido um aumento de aproximadamente R$ 60,00 de média. 

O problema é que parlamentares não receberam muito bem esse valor. De acordo com apuração do jornal F. de São Paulo, membros do governo esperavam a seguinte reformulação do programa Bolsa Família:

  • Aumento para R$ 270,00 em média; 
  • Ampliação do benefício para maior número de cadastrados. 

Lembrando que o último reajuste no Bolsa Família foi feito em 2018 pelo Governo Temer. 

Continuação do Auxílio Emergencial 2021

Mas antes da confirmação dessa ampliação do Bolsa Família, muitos parlamentares estão batalhando pela continuação do Auxílio Emergencial em 2021. O benefício foi aprovado e começou os pagamentos em abril, mas as parcelas vão apenas até julho. 

Essa é uma questão delicada para o atual Governo já que o eleitorado das classes C, D e E ainda não são consideradas como apoiadoras desta administração. Por isso, as políticas de programas sociais são importantes neste momento. 

De acordo com a F. de São Paulo, existem mais articulações para manutenção dos pagamentos emergenciais. Quem está fazendo a articulação para a continuação do Auxílio Emergencial até o fim da pandemia com valor de R$ 600,00, por exemplo, é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Lula estaria fazendo essa articulação também pensando em uma possível candidatura para o próximo ano. 

Novo substituto do Auxílio Emergencial 2021

Por fim, menos provável mas ainda possível é um novo substituto do Auxílio Emergencial 2021. O Ministério da Economia ainda pensa em lançar junto com a ampliação do Bolsa Família um programa social diferenciado. 

Esse novo programa se chama BIP, o Bônus de Inclusão Produtiva. O principal público alvo nesse caso seriam os trabalhadores informais que ainda estão com dificuldades de inserção no mercado formal. 

E como vai funcionar o BIP? A ideia é garantir para essa população uma qualificação profissionalizante e de mão de obra. Isso seria feito a partir de treinamentos e cursos enquanto os beneficiários recebem R$ 200,00 ou R$ 300,00 como bônus de inclusão. 

O novo programa ainda não foi confirmado, por isso é importante ficar atento para os próximos passos do Governo Federal neste momento. 

CONFIRMADO AUMENTO no BOLSA FAMÍLIA: Governo CONFIRMA NOVO VALOR e REAJUSTE já tem DATA!

 

Leia Também