Netflix que se cuide! Brasil pode criar streaming TOTALMENTE GRATUITO EM BREVE

Existe uma nova possibilidade de criação de uma plataforma de streaming que poderá ser totalmente gratuita, fazendo com que muitos possam vir a deixar de assinar os serviços pagos.

Hoje em dia, as plataformas de streaming estão cada vez mais populares entre os cidadãos de todo o mundo. Ter um celular e/ou computador e não, ter pelo menos, uma assinatura em um streaming é quase que inviável, visto que parte dos conteúdos saem diretamente dali.

O grande ponto, no entanto, é que parte das plataformas acabam cobrando valores um tanto quanto elevados para que os assinantes possam ter acesso ao conteúdo. Isso faz com que muita gente precise optar apenas por um streaming, limitando-se ao conteúdo.

Pensando nisso, uma nova proposta tem como objetivo garantir a possibilidade de criação de um streaming totalmente gratuito. Isso quer dizer que será possível acessá-lo sem arcar com qualquer custo, o que é extremamente interessante.

Television
Tudo sobre a nova plataforma que não deverá ter custos / Foto: divulgação

Streaming gratuito? Esta é a nova proposta para os cidadãos brasileiros

Assim como dito anteriormente, o acesso às plataformas de streaming é algo recorrente na rotina da grande maioria das pessoas. Hoje em dia, é raro deparar-se com algum dispositivo que não tenha, pelo menos, uma assinatura, principalmente as mais populares, como a Netflix e o Prime Vídeo.

Por outro lado, como também descrito, o alto custo da maioria das assinaturas acaba desfavorecendo os consumidores em relação ao acesso aos conteúdos. É pensando nisso que uma nova proposta da EBC está defendendo a criação de uma plataforma totalmente gratuita.

Para melhor entender, a EBC diz respeito à Empresa Brasil de Comunicação. Trata-se de uma empresa pública/federal, cujo objetivo é a prestação de serviços através das emissoras de rádio e televisão, ou seja, provendo a comunicação.

Toda a discussão para a criação de um streaming sem custo começou a partir de uma pauta levantada pela diretora de Conteúdo e Programação, Antônia Pellegrino. O objetivo é possibilitar que os cidadãos locais tenham acesso aos mais diversos conteúdos, o que também leva cultura para os indivíduos.

Veja também: Governo Federal informa novas REGRAS para concessão do Bolsa Família; confira!

Entenda melhor como isso a proposta deverá funcionar

Recentemente, Pellegrino participou do chamado Seminário do Audivisual brasileiro, o que é organizado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES. No evento, foi-se possível contar com a presença de pesquisadores e demais representantes das mais diversas instituições ligadas ao setor.

A partir dessa “reunião”, portanto, o presidente do BNDES,Aloizio Mercadante, mencionou que a iniciativa poderia registrar a retomada da atuação do banco nesse tipo de setor, ou seja, no audiovisual brasileiro. Além disso, o evento também contou com a presença de Margareth Menezes, a ministra da Cultura, o que contribui ainda mais para a ideia.

Caso a proposta realmente venha a ser considerada para que entre em vigor, a ideia é garantir o acesso gratuito às produções nacionais. Ou seja, é possível que o streaming conte com diversos filmes e séries, assim como documentários e outros, todos eles produzidos no Brasil.

Por fim, ainda não há uma previsão para que o streaming vá ao ar, visto que tudo ainda está sendo discutido.

Veja também: RIVAL da Netflix está oferecendo filmes e séries de forma GRATUITA: acesse agora