Descubra se você TAMBÉM pode solicitar a aposentadoria especial do INSS revelamos aqui as regras e documentos necessários

A aposentadoria especial do INSS é essencial para trabalhadores em condições de risco, requerendo atenção às regras de elegibilidade e processo de solicitação para garantir seus direitos.

Na sociedade atual, a proteção ao trabalhador em ambientes de risco é fundamental. A aposentadoria especial do INSS emerge como um pilar de suporte, garantindo direitos e bem-estar àqueles que dedicam suas vidas a atividades perigosas. 

Este benefício, adaptado às necessidades específicas de diferentes profissões, reflete o compromisso com a saúde e a segurança dos trabalhadores brasileiros. 

Entender suas regras, processo de solicitação e cálculo é crucial para quem busca justiça previdenciária e reconhecimento por anos de serviço em condições adversas.

Descubra se você TAMBÉM pode solicitar a aposentadoria especial do INSS revelamos aqui as regras e documentos necessários
Saiba quem pode solicitar a aposentadoria especial do INSS – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Aposentadoria especial do INSS: o que você precisa saber

A aposentadoria especial do INSS é um benefício voltado para profissionais expostos a condições laborais que ameaçam a saúde ou integridade física. 

Essa modalidade é destinada a quem trabalha em ambientes de risco, com exigências de contribuição variando de 15 a 25 anos, dependendo da exposição a periculosidades. 

Além disso, há critérios de idade mínima, ajustados após 13 de novembro de 2019, entre 55 a 60 anos, baseados no tempo de contribuição.

Quem tem direito?

Diversas profissões podem solicitar a aposentadoria especial, incluindo técnicos de enfermagem, telefonistas, motoristas de ônibus, entre outros. 

É imprescindível atender aos requisitos de tempo de contribuição, atividade profissional e idade mínima.

Processo de solicitação

Para requerer esse benefício, o principal documento é o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP), fornecido pelo empregador, detalhando as condições de trabalho ao longo da carreira. 

A solicitação pode ser feita pelo aplicativo ou site do Meu INSS, simplificando o processo sem a necessidade de visitar uma agência.

Cálculo da aposentadoria especial do INSS

O cálculo da aposentadoria especial considera a média salarial, com a renda mensal inicial sendo 60% dessa média, mais 2% para cada ano de contribuição que ultrapasse o mínimo exigido. 

Este valor reflete os esforços e os riscos enfrentados pelos profissionais ao longo de suas carreiras.

Veja também: Piso salarial e vale-refeição GARANTIDO aos motoristas de app? Entenda a liberação!

Outros benefícios 

Além da aposentadoria especial do INSS, os trabalhadores podem solicitar o benefício por idade. 

Para pedir a aposentadoria por idade do INSS, você precisa atender aos seguintes requisitos:

  • Ter 62 anos para mulheres: essa idade foi definida pela Reforma da Previdência, em vigor desde 2019.
  • Ter 65 anos para homens: essa idade também foi definida pela Reforma da Previdência.
  • Ter 15 anos de contribuição para mulheres: esse tempo mínimo de contribuição não foi alterado pela Reforma da Previdência.
  • Ter 15 anos de contribuição para homens: essa idade foi alterada pela Reforma da Previdência. Antes da reforma, o tempo mínimo de contribuição para homens era de 20 anos.

Importante

Você precisa ter cessado o trabalho para solicitar a aposentadoria por idade.

O trabalhador precisa ter cumprido a carência mínima de 180 meses de contribuição. Essa carência pode ser reduzida em alguns casos, como para trabalhadores rurais e pessoas com deficiência.

Como acessar o app 

Para solicitar a aposentadoria especial do INSS – ou qualquer benefício, é necessário instalar o app ‘Meu INSS’. 

Você pode encontrar o aplicativo Meu INSS nas seguintes lojas de aplicativos:

Google Play Store (https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.dataprev.meuinss&hl=pt_BR)

Apple Store

(https://apps.apple.com/br/app/meu-inss-central-de-servi%C3%A7os/id1243048358).

Veja também: INSS e o comunicado de HOJE (06): brasileiros de TODOS os NIS serão atingidos