Seguro OBRIGATÓRIO pela Caixa em 2021: Veja se você TEM DIREITO aos VALORES!

Alexandre Guglielmelli
Atualizado Hoje!

Seguro OBRIGATÓRIO da Caixa em 2021: Veja TUDO que mudou e se você TEM DIREITO aos VALORES do DPVAT!

Agora que o DPVAT é responsabilidade da Caixa, você já pode conferir se tem direito aos valores de indenização do Seguro Obrigatório! A solicitação é super fácil e em breve poderá ser feita por meio do novo aplicativo do órgão.

Com a mudança na administração do Seguro Obrigatório para indenização das vítimas de acidentes de trânsito, muita gente ficou em dúvida sobre os pagamentos dos valores. Explicamos abaixo tudo sobre as modificações; veja!

Seguro OBRIGATÓRIO pela Caixa em 2021
Imagem: AutoPapo/Divulgação

O Seguro Obrigatório da Caixa em 2021

Segundo um anúncio da Superintendência de Seguros Privados (Susep), a Caixa Econômica Federal é a nova responsável pelo DPVAT. Anteriormente, o seguro obrigatório para a indenização das vítimas de acidentes de trânsito era administrado pela Seguradora Líder.

Com isso, a Caixa fica responsável pelos sinistros ocorridos após 31 de dezembro de 2020. Os que foram registrados antes de 31 de dezembro ainda serão analisados e administrados pela seguradora anterior.

O contrato entre a Caixa e a Susep foi confirmado em 15 de janeiro de 2021, seguindo a recomendação do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP). A mudança aconteceu pois o consórcio de seguradoras que administrava o DPVAT foi extinto.

As seguradoras optaram pela extinção do consórcio ainda em novembro do ano passado. No último mês do ano, o CNSP permitiu a contratação de outra empresa pela Susep para o comando do seguro DPVAT.

Clique aqui para saber tudo sobre o DPVAT no app da Caixa!

Como realizar a solicitação do Seguro Obrigatório da Caixa?

Todas as solicitações de sinistro realizadas após 1 de janeiro de 2021 deve ser feitas nas agências da Caixa ou no aplicativo oficial do órgão do governo. Tanto o pedido das indenizações quanto do reembolso de despesas médicas podem ser realizadas em qualquer agência.

A solicitação, até o momento, só pode ser feita pessoalmente nas agências e à distância pelo aplicativo da Caixa. Com o lançamento do aplicativo oficial do DPVAT, o processo deve ficar ainda mais simples, podendo ser realizado de maneira segura sem a necessidade de comparecimento presencial.

Outra mudança afetou o pagamento das indenizações. Agora, os créditos serão disponibilizados em até 30 dias úteis em uma Conta Poupança Social Digital da Caixa – no Caixa Tem – em nome da vítima ou do beneficiário, dependendo de cada caso.

Os valores de Indenização do Seguro Obrigatório

Os valores atuais de indenização do Seguro Obrigatório também foram divulgados pela Caixa Econômica Federal. As indenizações podem incluir mortes, invalidez permanente, residual ou grave, mudando a cada situação. Veja abaixo:

Indenização por morte: R$ 13.500

Indenização por invalidez permanente: até R$ 13.500

A variação do valor é realizada de acordo com a localização da lesão e sua gravidade:

  • Residual: 10%
  • Leve: 25%
  • Média: 50%
  • Intensa: 75%
  • Completa: 100%.

Já o reembolso das despesas médicas e hospitalares pode chegar até a R$ 2.700. Vale lembrar que o valor é reembolsável sob o que a vítima gastou no tratamento.

Quem pode receber o DPVAT?

Podem receber as indenizações do DPVAT todas as vítimas de acidentes de trânsito causados por veículos automotores que transitam pelas ruas. O seguro abrange todo o território nacional, incluindo as estradas federais.

Todas as vítimas podem ter acesso ao seguro, independente de quem seja a culpa do acidente. É preciso apenas solicitá-lo em agência ou no app da Caixa, levando sempre a documentação necessária e comprovação do acidente.

 

Leia Também