Segurados do INSS correm o risco de PERDER o benefício com o novo pente-fino; entenda

Diversas pessoas podem ser afetadas em busca por fraudes e irregularidades; órgão pretende não prejudicar os pagamentos

Mais uma vez, os segurados são informados sobre a possibilidade de um pente-fino do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). O objetivo é o mesmo: realizar uma análise minuciosa dos beneficiários afim de encontrar irregularidades ou fraudes. No entanto, quais benefícios podem ser enquadrados nessa medida? Entenda mais sobre esse processo em nosso artigo abaixo.

pente-fino segurados inss
INSS prepara pente-fino em segurados – Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Pente-fino nos segurados do INSS

Esse processo do pente-fino no INSS busca analisar os pagamentos dos beneficiários do Governo Federal afim de evitar problemas com o sistema. Assim sendo, funciona como um procedimento realizado de maneira interna que consegue identificar possíveis fraudes.

A saber, essa iniciativa deve ocorrer durante seis meses mas sem uma data exata de início o que deixa, evidentemente, os beneficiários bastante apreensivos e preocupados.

Porém para quem mantém seus dados atualizados, o medo de perder seus pagamentos não deve existir. Importante lembrar que as checagens começam pelos novos segurados e, em seguida, vão para os mais antigos.

Ademais, uma notificação também será enviada por meio dos canais oficiais do INSS para as pessoas que recebem Benefício de Prestação Continuada (BPC), auxílio-doença e auxílio-acidente, alvos do pente-fino.

Por isso, é recomendado a regularização de situações atrasadas com respeito à perícia médica.

Veja também: Benefício do INSS para brasileiros com pressão alta: veja como funciona!

Como vai funcionar?

A princípio, o Governo Federal quer evitar gastos e apesar de não ter datas divulgadas, a ideia da medida busca evitar que surjam mais requerimentos para realizar perícias médicas, para aumentar a capacidade da operação.

Assim sendo, serão vários beneficiários que vão passar pelos procedimentos de reavaliação como os citados abaixo:

  • Beneficiários que recebem o Auxílio-Acidente;
  • Pessoas que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) e estejam há cerca de 24 meses sem uma perícia médica;
  • Casos em que os segurados que possuam direito ao Auxílio-Doença estejam há cerca de seis meses sem serem avaliados pela perícia médica e que, além disso, não tenham nenhuma previsão para o retorno das atividades de trabalho;
  • Caso a reavaliação seja definida pela idade do beneficiário, é importante destacar que os cidadãos mais novos serão convocados primeiro pelo órgão federal.

Como verificar a autenticidade da convocação do INSS?

Outro detalhe fundamental nesta era moderna de informações é saber sobre os procedimentos de convocação do INSS. Segundo a autarquia, não há contatos por meio de ligação ou WhatsApp para efeito de confirmação de dados do suposto beneficiário. Desse modo, caso alguém receba contato dessa forma, precisa desconsiderar imediatamente.

Entretanto, vale lembrar como são feitos os contatos do INSS a respeito de possíveis irregularidades em seu nome. Somente através dos canais de atendimento abaixo:

  • Pelo correio eletrônico;
  • Correspondência no endereço em que está cadastrado.

Além disso, quaisquer outra dúvidas e maiores informações sobre o INSS podem ser obtidas através do número de telefone 135, ou por meio do site meu.inss.gov.br ou ainda o app Meu INSS.

Baixe o Meu INSS

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.dataprev.meuinss&hl=pt_BR&gl=US

iOS: https://apps.apple.com/br/app/meu-inss-central-de-servi%C3%A7os/id1243048358

Veja também: COMUNICADO para os segurados do INSS: mudanças estão PRESTES a acontecer!