Segunda fase do DESENROLA já vai começar; veja como se inscrever!

O programa ainda está funcionando e, em breve, deve entrar na sua nova fase. Confira como participar!

O Desenrola, programa do Governo Federal que busca auxiliar os brasileiros a finalmente quitarem suas dívidas, está prestes a lançar sua segunda fase. Até este momento, pessoas da segunda faixa do programa estavam participando, mas, em breve, poderão integrar o projeto também as que participam da primeira faixa.

Se você quer saber como essa novidade vai funcionar, como participar e quem poderá integrar o benefício, continue acompanhando a matéria a seguir e fique por dentro de todos os detalhes importantes.

A segunda fase do Desenrola deve começar em setembro. Confira mais informações!
A segunda fase do Desenrola deve começar em setembro. Confira mais informações! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Como vai funcionar a segunda fase do Desenrola?

Nesta segunda-feira (28/08), já teve início a segunda etapa do Desenrola. Neste momento, empresas que possuem dívidas a receber e quiserem fazer parte do programa já podem se inscrever em uma plataforma própria, cujo intuito é aproximar devedores e credores para renegociar dívidas.

Na lista das possíveis renegociações entram as contas bancárias ou não bancárias, como é o caso de contas de luz, de varejo, de água, de educação, etc. Neste momento, os beneficiários do programa também vão mudar: podem participar, portanto, aqueles que recebem até dois salários mínimos, tenham inscrição no Cadastro Único e também que possuem dívidas em aberto cujo valor seja de até R$ 5 mil.

Na primeira fase, puderam participar pessoas que recebiam mensalmente até R$ 20 mil, com dívidas adquiridas até dia 31 de dezembro do último ano. Entretanto, as renegociações eram somente para dívidas referentes aos bancos e outras instituições financeiras.

Um dos outros projetos do Desenrola, nesse primeiro momento, foi fazer um acordo com os bancos participantes para perdoarem dívidas de até R$ 100 que estivessem negativando os clientes. Com isso, mais de 1 milhão de pessoas puderam ser contempladas somente nesse primeiro caso.

Veja também: DECRETO PUBLICADO: governo vai facilitar ainda mais as negociações com o Desenrola Brasil; participe

Como participar dessa nova fase?

Ademais, a partir deste momento, o serviço do Desenrola está aberto para todas as empresas com dívidas a receber, como é o caso dos bancos, de varejistas, companhias de saneamento e água ou distribuidoras de luz. Assim, os credores têm entre o dia 28 de agosto até o dia 09 de setembro para se inscreverem na página oficial do programa: https://curtlink.com/wO4FiHC.

Para confirmar as inscrições, as empresas devem se cadastrar nesse portal e assinarem o Termo de Adesão digital com o eCPF que estiver cadastrado na Receita Federal. Depois da conclusão da habilitação, vai haver ainda um processo competitivo sob a forma de um leilão de maior desconto. Basicamente, o leilão vai delimitar as dívidas que devem receber garantia do Fundo de Garantia de Operações (FGO).

Vale destacar, portanto, que esse primeiro momento serve somente para a inscrição dos credores, atualização de dívidas e realização do leilão. Ou seja, aos devedores cabe somente providenciarem uma conta no Gov.br e manterem atualizadas informações importantes na plataforma. É imprescindível que tenham uma conta nível prata ou ouro, para que possam iniciar as negociações assim que possível.

Veja também: Você conhece a Lei do Superendividamento? Confira a SOLUÇÃO para quem está com as CONTAS ATRASADAS