Se você tem dívidas no cartão, é hora de COMEMORAR: notícia é INCRÍVEL!

A Câmara aprovou recentemente urgência de um projeto relativo ao juros do cartão de crédito. Confira.

Muitas pessoas não sabem, mas um dos maiores motivos do endividamento da população brasileira, hoje em dia, são os juros no cartão de crédito. Isso porque, ao não pagar uma conta, o consumidor acaba ficando à mercê das consequências, que vêm em forma de taxa, o que acaba virando uma bola de neve, no fim das contas.

Felizmente, essa situação está prestes a mudar após a aprovação da Câmara em um novo projeto. Se você quer saber do que se trata essa alteração e como ela pode afetar os cidadãos, continue acompanhando o texto a seguir.

Se suas dívidas no cartão de crédito estão te preocupando, confira o novo projeto aprovado pela Câmara!
Se suas dívidas no cartão de crédito estão te preocupando, confira o novo projeto que pode ser aprovado pela Câmara! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Câmara aprova urgência em votação sobre juros no cartão de crédito

Nesta quarta-feira (04/09), a Câmara dos Deputados aprovou urgência para a votação de um Projeto de Lei (PL) que fixa um limite dos juros do cartão de crédito. Dessa forma, a proposta conta com a possibilidade de ser votada sem precisar passar pelas análises de comissões, indo diretamente ao Plenário.

Além da fixação dos juros, ainda foi incluído ao PL 2685/22 a Medida Provisória (MP) 1176/23, que é responsável pela criação do Desenrola, programa atual do Governo Federal cujo objetivo principal é aliviar as dívidas de pessoas de baixa renda ou que estejam com débitos em aberto com bancos e outras instituições.

Atualmente, em relação ao PL, a proposta do relator Alencar Santana (PT-SP) é que o Conselho Monetário Nacional (CMN) defina, em até noventa dias, um teto para juros e outros encargos que são cobrados no parcelamento da fatura de modalidades como o parcelado e o rotativo.

Caso não haja uma fixação até o final do prazo estabelecido, que é contado a partir da publicação do novo PL, a cobrança das taxas não pode superar o valor original da dívida. Conforme o parecer preliminar, o limite de juros do rotativo também vai valer para instituições financeiras que não aderirem à nova autorregulação.

Para se ter ideia, de acordo com dados recentes do Banco Central, juros da modalidade rotativo podem chegar a 437% ao ano. Já no caso do parcelado, anualmente, os juros ficam em 196,1%. Além dessa mudança, o projeto ainda prevê a portabilidade das dívidas do cartão de crédito e dos parcelados.

Veja também: Vale a pena usar o cartão Ultravioleta do Nubank ou é uma FURADA? Conheça os detalhes OCULTOS

Melhores cartões para quem quer juros baixos

Por fim, caso você esteja buscando por cartões de crédito com juros mais em conta, veja algumas boas opções de contratação:

  1. XP Visa Infinite – juros do rotativo em 5,39% ao mês e até 87,62% ao ano;
  2. XP Visa Infinite One – juros do rotativo em 5,39% ao mês e até 87,62% ao ano;
  3. Sicoob Mastercard Black Merit – juros do rotativo em 8,85% ao mês e até 176,64% ao ano;
  4. Sicoob Visa Infinite – juros do rotativo em 8,85% ao mês e até 176,64% ao ano;
  5. Pan Mastercard Platinum – juros do rotativo em 9,40% ao mês e até 193,97% ao ano.

Veja também: Brasileiros estão FURIOSOS com o Itaú: entenda a polêmica do cancelamento de cartões