Governo permite saque TOTAL do FGTS para desempregados; veja como acessar o valor

O governo está liberando a opção de desempregados realizarem o saque total do FGTS de uma vez. Assim, fica mais fácil acessar as quantias em momentos de necessidade.

Em uma decisão histórica, o Governo Federal do Brasil está considerando uma proposta que permitiria a liberação completa do saldo retido do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para trabalhadores sob a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) que se encontram desempregados.

Esta iniciativa, detalhada por Igor Macedo em 14 de março de 2024, visa proporcionar um alívio financeiro significativo para milhões de brasileiros que enfrentam o desemprego. Confira.

Já pensou em poder fazer o saque total do FGTS? Confira como funciona essa possibilidade!
Já pensou em poder fazer o saque total do FGTS? Confira como funciona essa possibilidade! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

O que muda com a nova proposta de saque total do FGTS?

O FGTS, criado para proteger o trabalhador demitido sem justa causa, consiste em depósitos mensais de 8% do salário, realizados pelo empregador.

Com a proposta atual, o governo busca permitir a retirada total do saldo do FGTS, uma mudança significativa em relação às regras atuais, que limitam as condições de saque.

Além disso, está em discussão a possibilidade de extinguir o saque-aniversário, modalidade que permite retiradas anuais de parte do saldo, mas impõe restrições ao saque total em caso de demissão.

Não perca outros: 6 serviços que podem ser afetados e INTERROMPIDOS, pânico entre os CLTs e a paralisação do FGTS: entenda!

Quem pode sacar e como verificar o saldo

O saldo retido do FGTS poderá ser sacado em diversas circunstâncias, como demissão sem justa causa, término do contrato de trabalho por prazo determinado, entre outras situações.

Para verificar o saldo, os trabalhadores podem utilizar o aplicativo FGTS (https://www.caixa.gov.br/atendimento/aplicativos/fgts/Paginas/default.aspx) da Caixa Econômica Federal, consultar nas agências da Caixa, postos de autoatendimento com o Cartão Cidadão, ou, para clientes da Caixa, através da plataforma de internet banking.

Impacto econômico e expectativas

Se aprovada, a liberação do saldo total do FGTS injetaria recursos significativos na economia brasileira, oferecendo alívio financeiro direto a milhões de desempregados.

Essa medida é vista como uma resposta aos desafios econômicos e às altas taxas de desemprego, marcando um ponto de virada na política de assistência aos trabalhadores brasileiros.

Enquanto a proposta ainda está em discussão, ela já gera expectativas positivas entre os trabalhadores, ansiosos pelas novidades sobre sua implementação.

Esse movimento do governo representa uma importante evolução na forma como o Brasil busca proteger e oferecer suporte a seus trabalhadores em momentos de necessidade, ampliando o acesso a recursos essenciais para aqueles impactados pelo desemprego.

Acompanhe mais: FGTS paralisado? Entenda os 3 alertas emitidos aos trabalhadores HOJE (10)

Outras modalidades que permitem o saque total do FGTS

Além da nova proposta que permite o saque total do FGTS para desempregados, existem outras circunstâncias em que os trabalhadores podem sacar integralmente o saldo do FGTS. Essas modalidades incluem:

  1. Aposentadoria: quando o trabalhador se aposenta;
  2. Compra da casa própria: para financiamento, liquidação ou amortização de dívida habitacional;
  3. Doenças graves: em caso de diagnóstico de câncer (do trabalhador, cônjuge ou filho) ou HIV/AIDS do trabalhador;
  4. Falecimento do trabalhador: os herdeiros podem realizar o saque;
  5. Idade igual ou superior a 70 anos: o trabalhador pode sacar o saldo ao atingir essa idade;
  6. Término do contrato de trabalho por prazo determinado;
  7. Falência da empresa empregadora: quando não há possibilidade de continuação do emprego;
  8. Desastres naturais: em situações onde o governo declara estado de calamidade pública.

Cada uma dessas modalidades tem regras específicas e requer documentação adequada para o saque.

Confira mais: Saldo do FGTS será liberado de forma INTEGRAL após nova lei; confira todos os detalhes HOJE (13)