SAQUE de até R$ 2.900 foi LIBERADO para este grupo de trabalhadores

Milhares de trabalhadores podem fazer o saque de até R$ 2,9 mil ainda este mês; descubra do que se trata esse valor e saiba se você tem direito.

Os trabalhadores formais, ou seja, aqueles que possuem a carteira assinada e que trabalham com base no regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) podem ter acesso ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Os empregadores ou empresas são responsáveis pelos depósitos mensais de 8% do salário do trabalhador em uma conta específica. Ao atingir os requisitos para sacar, o funcionário pode retirar o dinheiro, integral ou parcialmente, dependendo da modalidade escolhida.

SAQUE de até R$ 2.900 foi LIBERADO para este grupo de trabalhadores
Saiba mais detalhes sobre o saque de até R$ 2,9 mil / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Saque de até R$ 2,9 mil para trabalhadores

Agora, um grupo de trabalhadores poderá fazer um saque de até R$ 2,9 mil. Antes de mais nada, vale a pena comentar que este saque está disponível para quem aderiu à modalidade do Saque-Aniversário do FGTS.

Dessa maneira, é importante explicar que essa foi uma nova modalidade do Fundo de Garantia, que os trabalhadores podem optar.

Assim, as opções disponíveis são o saque-rescisão, o modelo tradicional, em que o trabalhador pode ter acesso ao dinheiro integral do FGTS em caso de demissão sem justa causa, além de também poder receber valor da multa rescisória de 40%.

Além disso, também o saque-aniversário, que permite ao trabalhador ter acesso todos os anos, no mês de seu aniversário, a uma porcentagem do montante nas contas do FGTS, mais a multa rescisória de 40%.

Contudo, na segunda opção o trabalhador não poderá sacar o montante integral do FGTS caso seja demitido sem justa causa.

Veja também: FGTS extraordinário ainda pode ser sacado pelo Caixa Tem, mas prazo está ACABANDO

Qual o valor de resgate?

O resgate varia conforme a faixa de saldo que o trabalhador possui na conta do FGTS. Assim, o percentual pode variar entre 5% a 50%. Além disso, também há a concessão de uma parcela fixa de saque de até R$ 2,9 mil.

Como aderir?

Como dito anteriormente, a adesão é opcional. Porém, aqueles que querem aderir ao saque-aniversário podem fazer isso tanto pelo aplicativo do FGTS quanto pelo site do FGTS, pelo endereço: https://bityli.com/xXX2xV.

Além disso, no mesmo site será possível obter mais informações sobre o saque-aniversário do FGTS.

É preciso ir na opção “Saque-Aniversário” e ler com calma as condições de contratação. Em seguida, selecione “aderir ao saque-aniversário”. Outra alternativa para aderir ao modelo é presencialmente, nas agências Caixa.

Vale a pena ressaltar que caso a pessoa se arrependa da adesão ela só poderá retornar ao saque-rescisão após decorridos 24 meses.

Modalidades de saque

Outras modalidades de saque também existem para o FGTS. Assim, os trabalhadores podem ter direito de sacar o dinheiro nas seguintes situações:

  • Saque Emergencial;
  • Saque Calamidade;
  • Aposentadoria do trabalhador;
  • Fim de contrato temporário;
  • Suspensão de trabalho avulso;
  • Compra de casa própria;
  • Amortização das parcelas de financiamento do imóvel próprio;
  • Trabalhador ou algum dependente dele acometido por doença em estágio terminal, ou em caso de  HIV ou câncer;
  • Trabalhador completar a idade mínima de 70 anos, ou superior;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Falecimento do patrão;
  • Rescisão do contrato ou contrato nulo, por culpa recíproca ou força maior;
  • Patrão declarar falência;
  • Trabalhador estar há 3 anos ou mais sem ter a carteira assinada;
  • Saque Aniversário do FGTS;
  • Saque Extraordinário do FGTS.

Veja também: ESTES são os saques do FGTS disponíveis até dezembro; saiba o que você pode receber