Saldo do FGTS será liberado de forma INTEGRAL após nova lei; confira todos os detalhes HOJE (13)

O saldo do FGTS é um importante pagamento para trabalhadores. Entretanto, o acesso só é possível através de certas modalidades, o que pode mudar.

Sabe aquele saldo retido do FGTS que parece estar sempre fora do alcance? Pois bem, o cenário está prestes a mudar completamente com a nova proposta de lei trabalhista apresentada pelo governo federal.

Com a aprovação de uma nova lei do governo, os trabalhadores finalmente poderão ter acesso ao valor total do fundo, o que é uma notícia importante para quem precisa. Confira.

Você sabia que uma nova lei pode liberar o acesso total ao saldo do FGTS? Veja como é possível!
Você sabia que uma nova lei pode liberar o acesso total ao saldo do FGTS? Veja como é possível! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Uma revolução no FGTS

Para cerca de 72 milhões de brasileiros desempregados, essa nova lei é um sopro de esperança. Imagina ter 100% do seu saldo do FGTS liberado? Sim, isso mesmo!

A nova legislação propõe que os trabalhadores regidos pela CLT tenham acesso integral ao saldo retido, um verdadeiro marco na história dos direitos trabalhistas no país.

Acompanhe mais: Conheça as facilidades do FGTS Digital e como ele pode te ajudar no dia a dia em 2024

Saque-aniversário: continua ou não?

Luiz Marinho, o Ministro do Trabalho e Emprego, trouxe à tona uma discussão importante: a possível extinção do saque-aniversário do FGTS.

A ideia é eliminar a limitação que hoje impede o trabalhador de sacar todo o valor em situações de demissão por um período de dois anos.

Isso porque a modalidade de saque-aniversário, apesar de permitir retiradas anuais para gastos diversos, pode comprometer a saúde financeira a longo prazo.

Como o saque-aniversário funciona?

O saque-aniversário é uma modalidade do FGTS que permite ao trabalhador retirar uma parte do saldo disponível em sua conta do FGTS uma vez por ano, no mês de seu aniversário.

Ao optar por essa modalidade, o trabalhador renuncia ao direito de sacar o saldo total em caso de demissão sem justa causa, recebendo apenas a multa rescisória de 40%.

A adesão ao saque-aniversário é voluntária e deve ser feita pelo aplicativo do FGTS ou pelo site da Caixa. O valor do saque varia de acordo com o saldo na conta, existindo faixas de valores com percentuais específicos mais uma parcela adicional fixa.

Não perca: FGTS será pago via PIX? Brasileiros já estão comemorando a ação de saque

Como saber se tenho saldo retido?

A maneira mais fácil de descobrir se você possui saldo retido do FGTS é através do aplicativo oficial da Caixa (https://www.caixa.gov.br/atendimento/aplicativos/fgts/Paginas/default.aspx). Com alguns cliques, você pode visualizar todas as suas contas vinculadas e conferir os valores disponíveis.

Se preferir, a consulta também pode ser feita presencialmente nas agências da Caixa ou pela internet, para os correntistas do banco.

Quem pode sacar o saldo do FGTS?

A lista de situações que permitem o saque do FGTS é bastante ampla. Vai desde demissão sem justa causa até casos de aposentadoria, doenças graves ou necessidade pessoal urgente.

Com a nova lei, espera-se que o acesso aos valores seja ainda mais facilitado, ajudando quem realmente precisa. Portanto, se você tem algum projeto que demande os valores, não perca a oportunidade de consultar sua elegibilidade.

Por que isso importa?

Esta mudança na legislação do FGTS representa não apenas uma vitória para os trabalhadores brasileiros, mas também um passo significativo em direção a uma maior justiça social e econômica.

Em tempos de incertezas financeiras, ter acesso ao seu próprio dinheiro pode fazer toda a diferença na hora de planejar o futuro ou mesmo sair de uma situação de aperto.

Acompanhe mais: FGTS paralisado? Entenda os 3 alertas emitidos aos trabalhadores HOJE (10)