Afinal, o que é o salário mínimo de R$ 6.575,30? Tire suas dúvidas!

Piso nacional vai começar a ser reajustado no início de 2023 e novo Governo sinaliza com aumento acima da inflação

Trabalhar significa exercer uma atividade e ao final dela receber um pagamento. Se ele é justo ou não depende de muitos fatores e um deles tem a ver com a conjuntura política e econômica de um país. Por isso, o salário mínimo é fundamental para estabelecer um limite considerável. Mas e se ele fosse realmente justo e chegasse a uns R$ 6 mil? Entenda esse assunto em nosso artigo abaixo.

salário mínimo 6 mil
O que significa o salário de mais de R$ 6 mil? – Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Novo salário será reajustado em 2023

Como todos sabem, de forma anual, o piso nacional passa por um reajuste. Esse valor é garantido por lei para que a população consiga manter seu poder de compra e manter a roda da economia girando. Contudo, por meio de uma Medida Provisória (MP), editada na última segunda-feira (12), o ainda presidente Jair Bolsonaro (PL) sinalizou com um salário mínimo de R$ 1.302 a partir de janeiro de 2023.

Porém, a equipe do novo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não confirma esse reajuste visto que eles pretendem dar um aumento acima da inflação e com o Produto Interno Bruto (PIB) como base. Essa, aliás, é uma das principais promessas de campanha petista durante as eleições.

Para isso, foi anexado no Congresso Nacional, uma Proposta de Emenda à Constituição chamada PEC da Transição que pretende manter o valor de R$ 600 do Auxílio Brasil para a volta do Bolsa Família e garantir um aumento real do salário mínimo.

Veja também: Novo salário mínimo AFETA diretamente diversos outros benefícios: veja o que muda para 2023

Salário mínimo de R$ 6 mil é real?

Com isso, muito se foi especulado de quanto seria o valor proposto pelo novo governo para o piso nacional. Segundo um levantamento do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo ideal para o povo brasileiro seria de R$ 6.575,30.

Com esse valor, cada cidadão poderia ter uma vida digna para si e sua família com acesso justo para os itens básicos garantidos pela nossa Constituição como alimentação, moradia, saúde, educação e lazer. Esse índice é calculado mensalmente pelo órgão por conta das nuances da economia de um país com dimensões continentais como o Brasil.

Hoje, o salário mínimo é de R$ de R$ 1.212, um valor extremamente inferior. E o mais chocante é que uma outra pesquisa, essa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), apontou que mais de 63 milhões de brasileiros recebem apenas R$ 407, valor esse que, inclusive, era pago pelo Auxílio Brasil antes da ampliação aprovada por Bolsonaro na PEC Eleitoral. Atualmente, o programa paga R$ 600 para mais de 21 milhões de usuários.

A equipe econômica do Governo Lula sinaliza com uma ideia de salário de R$ 1.320 mas para isso, precisa da aprovação da PEC da Transição que deve ser votada na próxima terça-feira (20) na Câmara dos Deputados.

Por fim, veja a evolução do salário mínimo nos últimos anos:

  • 2005 – R$ 300;
  • 2006 – R$ 350;
  • 2007 – R$ 380;
  • 2008 – R$ 415;
  • 2009 – R$ 465;
  • 2010 – R$ 510;
  • 2011 – R$ 545;
  • 2012 – R$ 622;
  • 2013 – R$ 678;
  • 2014 – R$ 724;
  • 2015 – R$ 788;
  • 2016 – R$ 880;
  • 2017 – R$ 937;
  • 2018 – R$ 954;
  • 2019 – R$ 988;
  • 2020 – R$ 1.045;
  • 2021 – R$ 1.100;
  • 2022 – R$ 1.212;
  • 2023 – R$ 1.320 (proposta de Lula);
  • 2023 – R$ 1.302 (proposta por Bolsonaro).

Veja também: Presidente define salário mínimo de 2023, mas governo eleito quer valor DIFERENTE; saiba qual