Atenção APOSENTADOS: salário mensal do INSS vai ter acréscimo, saiba mais

Mudanças no salário dos aposentados pelo INSS estão gerando comentários.

Quando o assunto é aumento nos valores dos benefícios, toda a população comemora. Não só os trabalhadores como também os aposentados e pensionistas aguardam pelas correções tributárias ano após ano. 

Agora, uma nova previsão está chegando para os aumentos nos salários dos aposentados pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Assim, o pagamento de 2023 já possui possíveis valores, porém a novidade não está de acordo com o que os beneficiados estavam esperando. Saiba mais a seguir. 

Atenção APOSENTADOS: salário mensal do INSS vai ter acréscimo, saiba mais
Saiba qual a previsão do benefício para 2023 – Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Aposentadoria com aumento?

De acordo com informações do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), os valores de pagamento da aposentadoria sofrerão alterações durante o ano de 2023. Esse processo será causado pela nova previsão de crescimento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O INPC é o principal meio regulador para o cálculo de reajuste de vários benefícios brasileiros. Além da alteração de aposentadorias e pensões, é ele o responsável por estipular o preço do salário mínimo vigente no país. 

Vale lembrar que recentemente os especialistas esperavam que este número terminasse o ano em 7.41%. Porém, faltando menos de quatro meses para que o ano termine, a previsão foi modificada e com isso a taxa esperada de aumento nos valores caiu para 6,54%.

Essas informações foram divulgadas pela Secretaria de Política Econômica. Com a novidade, uma grande cascata de benefícios que possuem como base o salário mínimo também terão sua previsão de valores um pouco mais baixa para o próximo ano.

Antes de perder as esperanças para o ano seguinte, vale comentar que essa modificação não gera uma mudança definitiva para esses pagamentos. Isso porque será necessário aguardar a oscilação da inflação durante os próximos meses. Só assim será possível dar um veredito sobre a quantia. Por esse motivo, a informação oficial deve ser estabelecida durante o primeiro dia de 2023. 

Saiba mais: INSS: é possível contribuir de forma retroativa para recuperar o tempo SEM contribuição?

Teto do INSS

Mesmo ocorrendo a queda no INPC, existe uma expectativa que o valor do teto do INSS cresça durante o próximo ano. Assim, este valor sairia de R$ 7.087 para R$ 7.540. É claro que esta quantia é inferior ao que estava previsto anteriormente. Porém, o número estabelecido será aplicado em todos os benefícios do INSS. 

Assim, com esta alteração, a previsão de crescimento para o salário mínimo em 2023 acabou também diminuindo. Isso porque era esperado que os valores de pagamento passassem para R$ 1.302. Mas com as novas taxas do INPC comunicadas, a expectativa agora é que a quantia vá para R$ 1.292. 

É necessário compreender que o salário mínimo é o responsável por estabelecer a maioria dos pagamentos nacionais. Por esse motivo, ele influencia diretamente no INSS. Assim, as pessoas que recebem a menor quantia da aposentadoria, terão como repasse o valor de um salário mínimo. 

Temos como exemplo também o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Esse pagamento é oferecido para aqueles que possuem 65 anos ou mais e também pessoas com deficiência. Porém, o valor deste pagamento é de um salário mínimo. 

É importante destacar que esse valor estipulado existe como forma de se estabelecer uma quantia mínima suficiente para sobreviver. Porém, já existem alguns anos que estes aumentos não configuram um verdadeiro ganho para as pessoas que dependem do salário mínimo. 

Isso porque os reajustes estão sendo realizados apenas para cobrir os valores da inflação. Por esse motivo, o aumento não significa que o trabalhador terá realmente mais dinheiro para gastar. Apenas conseguirá realizar o pagamento das contas e a compra dos produtos que estão mais caros por conta da inflação.  

Acúmulo de benefícios do INSS

Por fim, muitas pessoas estão com a mesma dúvida: é possível acumular mais de um benefício do INSS?

E a resposta é sim. Contudo, existem muitas regras que devem ser respeitadas.

Por exemplo, quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC) não pode receber mais nenhum depósito do Instituto Nacional do Seguro Social.

Outros benefícios também possuem diversas restrições como o auxílio-doença e o auxílio-acidente.

Em resumo, de acordo com a lei, é possível acumular os seguintes benefícios do INSS:

  • Auxílio doença com a pensão por morte;
  • Seguro desemprego com o auxílio-reclusão;
  • Auxílio reclusão com a pensão por morte;
  • Acidente com a pensão por morte;
  • Aposentadoria por tempo de contribuição com a pensão por morte;
  • Aposentadoria por invalidez com a pensão por morte;
  • Salário maternidade com a pensão por morte;
  • Pagamentos de aposentadorias de regimes diferentes.

Veja também: Como dar entrada no benefício por incapacidade pelo INSS: confira!