Saiba o que muda e como participar do NOVO CADASTRO Único: CadÚnico Cadastro Social!

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

Saiba o que muda e como participar do NOVO CADASTRO Único – Entenda exatamente como deverá acontecer o Cadastro Único para programas sociais!

Se você é um dos milhões de brasileiros que precisa ou conhece alguém que precisa de benefícios e auxílios do Governo Federal, fique atento! Isso porque foram divulgadas novas informações sobre o Novo Cadastro Único

Para quem ainda não ouviu falar, o CadÚnico é uma ferramenta usada pelos governos federal, estaduais e municipais na hora de fazer a inscrição em programas sociais. Muitos deles exigem que as famílias tenham seus dados cadastrados. 

A seguir vamos falar um pouco sobre as notícias mais recentes divulgadas para quem quer fazer esse cadastro. Fique ligado e saiba como deverá funcionar esse tipo de oferta neste momento de pandemia do novo coronavírus. 

Saiba o que muda e como participar do NOVO CADASTRO Único
Imagem: Divulgação

Inscrição no Novo CadÚnico 

Primeiramente, está confirmada a inscrição no novo CadÚnico? Novas informações estão sendo disponibilizadas aos poucos já que muitos políticos fizeram pressão para que o Governo Federal liberasse outras formas de inserção ao programa. 

Cadastro Único libera 24 Benefícios aos Brasileiros em 2020: Confira todos os Auxílios que você pode receber!

Sendo o Cadastro Único um registo voltado para famílias em situação de baixa renda no Brasil é urgente que essas possam estar cadastradas para receber benefícios. Acontece, porém, que quem é responsável pela operação e atualização são as prefeituras dos municípios.

De acordo com o próprio site do Governo Federal (gov.br) o Cadastro Único pela internet ainda não pode ser feito. Mas isso deve mudar em breve já que muitas famílias estão precisando atualizar seus dados ou fazer a inscrição e não podem sair de casa neste momento graças ao Covid-19. 

Uma portaria no Diário Oficial da União (DOU) está permitindo o atendimento a distância em casos de municípios que decretaram situação de emergência ou calamidade pública. 

Novo Cadastro Único Digital

A ideia do Novo Cadastro Único Digital está sendo discutida já que os servidores públicos estão parados. A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), por exemplo, está sugerindo o debate sobre a inclusão desse tipo de modalidade. 

A intenção é criar dados sistematizados do CadÚnico digital que poderão ajudar inclusive no combate de fraudes em programas variados. O requerimento da senadora foi aprovado na comissão mista que irá fiscalizar ações do Governo. 

Segundo a própria parlamentar, essa inclusão de um Cadastro Único pela internet é urgente. Isso poderá facilitar o Governo Federal na busca de ações imediatas para brasileiros ligadas à áreas como empregos, impostos, dados eleitorais e muito mais. 

De acordo com números da própria Eliziane, o Governo computou aproximadamente 46 milhões de brasileiros em situação de vulnerabilidade (aproximadamente um quarto da população). Essas pessoas acabam tendo dificuldades já que não possuem muitas vezes conta no banco, acesso à internet regularmente ou CPF ativo. 

Como fazer Cadastro Único

Mas e como fazer o Cadastro Único hoje em dia? De acordo com o site do Governo Federal “o cadastramento não é feito pela internet”. Acontece que muitos governos estaduais e municipais estão tendo que se adaptar encontrar outras formas de garantir a inscrição. 

Isso porque os centros regionais responsáveis pela inscrição no CadÚnico de forma presencial não estão funcionando. Por isso algumas regiões já estão atuando a partir de cadastro por telefone. 

O Rio de Janeiro, por exemplo, abriu o Cadastro Único por telefone. A prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos irá fazer as inscrições nesse formato, a distância. 

Essa ação vai de acordo com portaria no DOU que garante esse tipo de serviço para cidades em situação de emergência.

Como fazer inscrição CadÚnico por telefone

Mas, por fim, como fazer a inscrição no CadÚnico por telefone? Esse tipo de entrevista deve durar entre 30 e 40 minutos e serão feitas primeiramente com famílias que já possuem algum tipo de cadastro. No RJ, por exemplo com famílias que estão no Programa Territórios Nacionais. 

A intenção desse tipo de inscrição no novo Cadastro Único por telefone é justamente evitar que famílias tenham contato com outras pessoas e evitem aglomerações e filas. Por enquanto o contato é feito pelo próprio Governo. 

Em breve será aberta a Central de Atendimento do CadÚnico, mas esse serviço ainda não está disponível. Por isso fique ligado na sua região e procure informações na sua prefeitura sobre quando acontecerá esse tipo de oferta de cadastro. 

Se você ainda não sabe e quer saber se está no CadÚnico, acesse: https://pronatec.pro.br/como-saber-se-estou-no-cadunico/

 

Leia Também