Saiba como BLOQUEAR 100% sua rede Wi-Fi e evite invasores

Como os brasileiros podem bloquear a rede de Wi-Fi para evitar a ação de hackers, invasores e espiões? Veja o tutorial completo e atualizado.

Bloquear a rede de Wi-Fi pode ser mais prático do que você imagina! Se você usa a internet com frequência, vale a pena adotar essa dica para navegar na rede com mais privacidade e segurança, evitando assim que sua conexão seja vigiada por hackers, invasores e espiões. Com o tutorial que vamos mostrar abaixo, você também pode garantir que o sinal de sua internet seja utilizado exclusivamente na sua residência.

Atualmente, a internet é parte essencial da vida de milhões de pessoas. Inúmeros brasileiros usam o computador (ou o celular) para trabalhar, conversar com os amigos, interagir com a família, enviar e receber dinheiro, fazer compras e muito mais. Por isso, é essencial adotar algumas estratégias para expandir a segurança das conexões. Com isso em mente, veja abaixo o passo a passo completo para bloquear a rede de Wi-Fi!

Veja como bloquear sua rede Wi-Fi! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br
Veja como bloquear sua rede Wi-Fi! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Como identificar se a internet está sendo invadida?

Antes de revelar o passo a passo completo que você deve adotar para bloquear 100% a sua rede de Wi-FI, devemos explicar como identificar se a sua conexão de internet está sendo invadida por hackers e intrusos.

De acordo com especialistas em tecnologia e internet, o primeiro sinal de “invasão” no Wi-Fi é uma conexão mais lenta do que o normal. Logo, se a sua internet ficar vagarosa de uma hora para outra, pessoas desconhecidas (e em muitos casos, mal-intencionadas) podem estar conectadas à sua rede.

Este, na verdade, é o sinal mais importante de uso indevido da internet – mas, definitivamente, não é o único.

Para identificar se a sua internet está sendo invadida, você pode observar outras pistas. Abaixo, mostramos alguns dos exemplos mais importantes:

  • Lista de dispositivos: Quando dispositivos desconhecidos aparecem na lista de conexão, tudo indica que a sua internet está sendo acessada indevidamente;
  • Luz do modem: Se a luz do roteador continuar piscando mesmo quando todos os dispositivos sem fio estão desligados, pode indicar uma invasão na sua internet;
  • Conexão instável: Quanto maior for a instabilidade da sua conexão, mais expressivas serão as chances de outras pessoas estarem se aproveitando do seu Wi-Fi.

Veja também:  Desconto de até 95% nas dívidas dos brasileiros: conheça a Operação NOME LIMPO

Como bloquear a rede de Wi-Fi – Configure seu roteador

De antemão, podemos dizer que é super fácil bloquear a rede de Wi-Fi. Você pode fazer isso seguindo 5 passos bastante simples. O primeiro, como você já sabe, é configurar o seu roteador de internet.

Antes de mais nada, você deve verificar as configurações do roteador e conferir suas principais características. Dessa forma, os próximos passos ficam ainda mais simples.

É importante certificar-se de que o roteador em questão adota o protocolo WPA (Wi-Fi Protected Access), que é essencial para garantir a segurança e a privacidade ao navegar na internet.

Além disso, se for necessário, você também terá que encontrar as informações de login do seu modem, como o nome de usuário e a senha.

Afinal, na hora de configurar o WPA, essas informações podem ser exigidas. Anote-as em um papel e siga o segundo passo que vamos mostrar abaixo.

Faça a atualização para WPA ou WPA2

Após verificar a configuração do seu roteador, o próximo passo para bloquear a rede de Wi-Fi é atualizar o protocolo de segurança para WPA ou WPA 2.

Você pode fazer isso nas próprias configurações do roteador. É só encontrar a área específica e, em seguida, confirmar a atualização.

Sob esse mesmo ponto de vista, também será necessário alterar a senha do Wi-Fi. Vale a pena adotar uma senha mais complexa, formada por uma combinação aleatória de números, letras e símbolos.

Não se esqueça de anotar a nova senha antes de confirmar a alteração! Afinal, se você esquecer o código, não conseguirá se conectar à internet.

Mas não é só isso! Com a atualização da senha, você também poderá impedir que pessoas não autorizadas acessem a sua conexão de Wi-Fi.

Como bloquear a conexão de Wi-Fi – Veja a lista de dispositivos conectados

Com a senha da internet já atualizada, o tutorial para bloquear a conexão de Wi-Fi continua com a lista de dispositivos conectados.

Nesta lista, você pode identificar todos os computadores, celulares e outros dispositivos que, atualmente, estão conectados à sua internet.

O seu smartphone e computador, por exemplo, devem aparecer nessa lista. Na área, você também pode conferir se existem dispositivos desconhecidos conectados à sua internet.

A partir daí, se você identificar estes dispositivos desconhecidos, é só bloqueá-los para impedir que eles possam acessar a rede.

Sendo assim, como fazer esse bloqueio? Quanto a isso, não há segredo: é só acessar as configurações do roteador, entrar na lista, clicar sobre o dispositivo desconhecido e confirmar a proibição ao acesso.

Esconda sua rede!

O penúltimo passo para bloquear a rede de Wi-Fi é ocultar o seu perfil de internet. Nesse caso, a conexão aparecerá somente nos dispositivos que já estão conectados.

Em outras palavras, ao conferir as redes de Wi-Fi disponíveis, os seus vizinhos não poderão detectar a sua conexão. Com isso, a sua privacidade será mantida, e você poderá evitar a entrada de intrusos na sua internet.

Para descobrir como ocultar a sua rede de Wi-Fi, vale a pena ler, com muita atenção, o manual de instruções do seu roteador. Afinal, cada tipo de modem possui uma perspectiva diferente em relação a essa possibilidade.

Veja também:  MARTELO BATIDO: aumento no FGTS é definido e trabalhadores poderão sacar em outubro?

Como bloquear a conexão de Wi-Fi – Altere a senha com frequência!

Por fim, para bloquear a sua conexão de Wi-Fi, e impedir que a sua internet seja vigiada por hackers e intrusos, é importantíssimo alterar a senha com frequência.

Dessa forma, você aumentará ainda mais a segurança e a privacidade da sua conexão – e ao mesmo tempo, poderá usar a internet para todas as suas atividades digitais.

Vale a pena trocar a senha, por exemplo, a cada duas semanas. Você também pode optar pela troca do código uma vez por mês.

O importante é não deixar a conexão de Wi-Fi com uma mesma senha por um período mais expressivo de tempo. Se você fizer isso, a sua rede poderá ser hackeada ou acessada sem a sua permissão.

Ao adotar todas as dicas que listamos acima, fica bem mais fácil resguardar a segurança da internet e navegar na web com mais tranquilidade.