- Publicidade -

Revisão de Benefício INSS em 2022: Veja quem pode solicitar

Análise do processo pode aumentar o valor de pagamento do benefício

0

Com a chegada do novo ano, as pessoas que recebem benefícios por meio do Instituto Nacional do Seguro Social, também conhecido como INSS, como, por exemplo, os aposentados e pensionistas, podem pedir a revisão do valor de pagamento e tem a chance de ele ser aumentado. Saiba que o prazo para abrir esse tipo de requerimento é de até 10 anos após o recebimento do primeiro pagamento .

- Publicidade -

Aquelas pessoas que receberam a primeira parcela do benefício até dezembro de 2021, tem até janeiro de 2022 para abrir essa solicitação. Aqueles que começaram a receber a partir dessa data, também podem pedir uma análise nova. Contudo, a revisão não é um direito de todo segurado e é necessário uma justificativa plausível para que a solicitação seja levada em consideração.

Revisão de Benefício INSS em 2022 Veja quem pode solicitar
Beneficiários podem pedir a revisão do seu benefício até 10 anos após o pagamento da primeira parcela.  Tomaz Silva/ Agência Brasil

Tipos de revisão

Para Silvia Correia, especialista em direito previdenciário, a revisão do benefício do INSS é cercada por uma espécie de mito, isso porque boa parte das pessoas acreditam ser esse um direito automático de todo o beneficiário do instituto. “Revisão de benefício é uma ação em que se pede alguma modificação no ato administrativo que concedeu o benefício, seja pelo próprio benefício ou pelo seu valor, que podem estar errados”, explicou a magistrada.

- Publicidade -

Mesmo que existam mais de 20 tipos de ações de revisão, algumas causas de solicitação acabam se tornando mais comuns que outras. Um bom exemplo disso é quando o segurado teve seu benefício concedido com o salário e o tempo errado, algumas vezes eles não consideram a insalubridade ou um certo período que o trabalhador não recebeu conforme deveria. Por isso, “o ideal é o segurado saber exatamente o que ele vai pedir para revisar e não fazer uma revisão no escuro, porque acha que está defasada. Quando o motivo é a concessão equivocada fica mais fácil, porque provo o que eu pedi e o que eu recebi”, explicou Correia.

Veja também: Aposentadoria 2022: Nunca contribuí para o INSS – Posso me aposentar? Veja as regras

O que acontece após a revisão ser concedida

Após a revisão ser concedida, o percentual a ser aumentado no valor do pagamento do beneficiário pode variar bastante de acordo com cada caso. Segundo Paulo Bacelar, diretor do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP): “o percentual de aumento vai variar de acordo com o caso de cada segurado. O interessante é que o segurado calcule a nova renda mensal inicial do benefício, esse é o valor que vai determinar quanto esse segurado vai receber”, afirmou.

- Publicidade -

Veja também: Salário mínimo 2022: Valor afetará Benefícios do INSS, BPC e PIS/Pasep

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais