Requisito para receber o empréstimo consignado do Auxílio Brasil é pouco conhecido: você cumpre?

Empréstimo do Auxílio Brasil tem regras para ser concedido.

O empréstimo do Auxílio Brasil começou a ser oferecido a pouco tempo. A primeira empresa a oferecê-lo é a Caixa Econômica Federal. Assim, muitos interessados ainda estão com dúvidas acerca do benefício. 

Vale lembrar que há poucas semanas o Governo Federal liberou o documento contendo todos os pontos que deveriam ser considerados pela empresa durante o processo de oferecimento do valor. 

Requisito para receber o empréstimo consignado do Auxílio Brasil é pouco conhecido: você cumpre?
Empréstimo do Auxílio Brasil está sendo oferecido pela Caixa – Imagem: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Empréstimo consignado do Auxílio Brasil 

A pessoa que recebe os valores de ajuda do Auxílio Brasil está reclamando de algumas recusas que a Caixa Econômica Federal causou no momento de oferecer o crédito para os interessados. 

Assim, muitas delas não estão cumprindo a regra de tempo de permanência no programa. Logo, só podem solicitar o benefício aqueles que estão a mais de 90 dias recebendo o Auxílio Brasil. Não é permitido também que haja previsão de término.

Além desse ponto, existem outras situações que impedem que a pessoa tenha sua aprovação na modalidade. Dentre elas podemos citar: CPF com problemas na Receita Federal, não ter realizado atualização de informações solicitadas pelo Ministério da Cidadania e também não receber o benefício através do crédito em conta. 

É importante citar que nos últimos dias o benefício passou por um breve problema. Isso porque acabou sendo suspenso pelo Tribunal de Contas da União (TCU). O objetivo era analisar possíveis irregularidades no oferecimento do benefício. 

De acordo com a Caixa Econômica, todos os esclarecimentos serão prestados e que com 24h os valores voltariam a ser oferecidos. 

O mesmo ocorreu no dia 21 quando o consignado também parou de funcionar depois das 18h e ficou assim até as 7h do dia 24. O banco explicou que esse procedimento ocorreu por conta de uma manutenção no Dataprev. Ou seja, ele já estava programado anteriormente. 

Saiba mais: Está com problemas para solicitar o empréstimo do Auxílio Brasil? Caixa divulga INSTRUÇÕES!

Alta procura

Mesmo com os problemas que o banco enfrentou a procura foi bastante grande. De acordo com a empresa, já foram quase dois bilhões de reais emprestados para 700 mil beneficiários do programa. 

Vale lembrar que o benefício possui regras que devem ser seguidas pelos usuários. Dessa maneira, ele pode ser dividido em 24 meses em prestações no valor mínimo de R$ 15. Além disso, só será permitido comprometer 40% do benefício no valor de R$ 400. 

Isso significa que a pessoa poderá pagar no máximo R$ 160 em cada parcela no pagamento. 

As pessoas que desejarem o empréstimo deverão pagar juros de 41,4% ao ano. Vale lembrar que essa é uma taxa mais alta do que os outros tipos de consignado. Assim, é necessário refletir se é vantajoso. 

Os especialistas chamam atenção para as pessoas que estão na condição de vulnerabilidade não se endividarem. Isso porque os empréstimos são uma porta para os problemas de endividamento e consequentemente negativação do nome. 

Sendo um empréstimo consignado, muitos podem pensar que não há riscos. Porém, caso a família perca o benefício, será necessário continuar pagando-o até a quitação. Se não o ficar, o nome será negativado. 

Por esse motivo, muitas instituições não aceitaram participar da modalidade. Elas alegaram que não eram a favor da modalidade que poderia causar a negativação. Assim como consideravam o valor que sobrava após o desconto insuficiente. 

Veja também: Tribunal de Contas da União solicita SUSPENSÃO do empréstimo do Auxílio Brasil? O que pode acontecer?