Aposentados que faleceram garantem renda FIXA para familiares? Entenda a pensão do INSS

Saiba se os familiares de algum ente querido aposentado que faleceu garantem renda fixa; entenda tudo sobre a pensão do Instituto Nacional

O Instituto Nacional do Seguro Social é a autarquia federal e brasileira responsável por repassar diversos pagamentos. Além do Benefício de Prestação Continuada, por exemplo, os brasileiros têm direito à aposentadoria e pensões. Portanto, é preciso saber se os aposentados que faleceram garantem renda fixa para seus familiares.

Com a matéria a seguir, será possível tomar conhecimento de tudo que envolve a pensão do INSS. Por isso, não perca nenhum detalhe!

Aposentados que faleceram garante renda FIXA para familiares? Entenda a pensão do INSS
Renda fixa de aposentados do INSS! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Benefícios do INSS

Todo mundo sabe que o Instituto Nacional do Seguro Social desempenha um papel crucial na proteção social e no bem-estar dos cidadãos no Brasil. Afinal, seus benefícios abrangem uma ampla gama de áreas, proporcionando suporte financeiro e assistência em momentos críticos da vida.

Um dos principais benefícios do INSS é a aposentadoria, que garante estabilidade financeira a trabalhadores após anos de contribuição. Além disso, o Instituto oferece amparo em casos de doenças ou acidentes que possam levar à incapacidade temporária ou permanente para o trabalho, por meio do auxílio-doença e aposentadoria por invalidez.

Para as famílias de trabalhadores falecidos, o INSS concede pensão por morte, oferecendo suporte financeiro essencial em momentos difíceis. Além disso, o Instituto também fornece auxílio-maternidade e auxílio-reclusão, assegurando assistência a mães em período pós-parto e a dependentes de segurados presos.

Portanto, os benefícios do INSS são vitais mitigação da pobreza e na proteção social de milhões de brasileiros, garantindo-lhes acesso a recursos fundamentais para a sobrevivência e o bem-estar.

Em suma, esses programas contribuem significativamente para promover a inclusão social e a segurança financeira em todo o país, reforçando o papel essencial do INSS na construção de uma sociedade mais justa e equitativa.

Saiba mais: Quando os atrasados do INSS serão realmente PAGOS?

Aposentados que faleceram garantem renda fixa

Sendo assim, agora que você tem em mente os benefícios que o INSS repassa, é preciso saber quem tem direito à pensão da autarquia. Caso possua um segurado na família que já faleceu, pode ser que você tenha condições de receber uma renda fixa.

O benefício em questão é a pensão por morte do INSS, pago aos familiares mais próximos do antigo segurado. Os valores mensais podem ser garantidos para toda a vida, desde que cumpridos alguns critérios.

Vale lembrar que o pagamento só ocorre quando a pessoa que faleceu estava no chamado período de graça ou na condição de segurado do INSS. Para isso, dividiremos três classes de familiares que podem receber a pensão por falecimento.

Na classe 1, recebem as seguintes pessoas: cônjuge ou companheiro; filho menor de 21 anos ou não emancipado; enteado e menor tutelado; e filho de qualquer idade com invalidez ou deficiência.

Já na segunda classe, somente recebem os pais do falecido.

Por fim, a classe 3 pertence a um irmão não emancipado e menor de 21 anos, bem como irmãos de qualquer idade com deficiência ou invalidez.

Confira agora o tempo de duração da pensão por morte:

  • menores de 22 anos de idade – 3 anos de duração;
  • entre 22 e 27 anos de idade – 6 anos de duração;
  • 28 e 30 anos de idade – 10 anos de duração;
  • 31 e 41 anos de idade – 15 anos de duração;
  • 42 e 44 anos de idade – 20 anos de duração; e
  • 45 anos de idade ou mais – vitalícia.

Veja também: O INSS é a ÚNICA forma de garantir a APOSENTADORIA no Brasil?