Renda Brasil poderá exigir Inscrição no CadÚnico: Programa deve atender 26 milhões de Brasileiros

Vinicius Colares
Atualizado Hoje!

Renda Brasil poderá exigir Inscrição no CadÚnico: Confira mais informações sobre o novo programa de renda fixa do Governo Federal!

Muitas pessoas estão querendo aguardando ansiosamente por um novo tipo de benefício do Governo Federal. É por isso que novas informações estão ganhando repercussão, como é o caso do Renda Brasil que poderá exigir a inscrição no CadÚnico

A ideia é que esse novo programa faça parte da rotina de milhões de brasileiros em todas as regiões do país. Serão beneficiários alocados de diferentes auxílios que poderão receber esses novos valores. 

Por isso, a seguir, vamos falar um pouco mais sobre isso. Entenda o que foi divulgado até o momento e como deverá acontecer essa nova ação do Governo para famílias de todo o Brasil. 

Renda Brasil poderá exigir Inscrição no CadÚnico
Imagem: Divulgação

Como vai funcionar o Renda Brasil

Primeiramente, a grande dúvida da maioria dos internautas é: como vai funcionar o Renda Brasil? Essa é uma ação que está sendo muito aguardada e está em fase final de elaboração pelo Ministério da Economia, liderado por Paulo Guedes. 

Para quem ainda não sabe o que é o Renda Brasil, uma comparação está sendo muito feita. Algumas pessoas estão dizendo que essa é uma espécie de ‘novo Bolsa Família’ já que deverá trazer um novo tipo de renda fixa para milhões de pessoas. 

A intenção do Governo Federal é usar dados inéditos que foram coletados durante esse período de Auxílio Emergencial para alcançar novos beneficiários. Dessa forma milhões de pessoas que estavam “invisíveis” poderão passar a receber valores e ganhar inserção no mercado de trabalho nacional. 

Renda Brasil começa quando

Mas e quando começa o Renda Brasil? Existem diferentes especulações sobre isso, mas ainda não existe uma data oficial por parte do Ministério da Economia ou Ministério da Cidadania. 

A primeira notícia foi que o programa deveria começar junto com o fim do Auxílio Emergencial. Ou seja, assim que todas as parcelas fossem pagas, o programa começaria (em setembro ou outubro). 

Mas especialistas que acompanham em Brasília o desdobramento do programa dizem que é possível que ainda tenham detalhes sendo definidos. Então uma possibilidade é que o início do programa Renda Fixa se dê depois da pandemia (ou em dezembro). 

Renda Brasil CadÚnico

Finalmente, é provável que o Renda Brasil para inscritos no CadÚnico seja uma regra. Grande parte das ações sociais do Governo Federal exigem Cadastro Único e isso deve se repetir nesse caso específico. 

Hoje são mais de 13 milhões de brasileiros recebendo Bolsa Família; a ideia é que o número de beneficiários do novo programa alcance cerca de 26 milhões de pessoas. Isso vai se dar por uma renda fixa e por ações que ainda não foram divulgadas oficialmente. 

Outros detalhes sobre quem vai ter direito ao Renda Brasil também devem incluir:

  • Pessoas em situação de desemprego; 
  • Trabalhadores informais;
  • Microempreendedores individuais (MEIs); 
  • Famílias de baixa renda e em situação de pobreza; entre outros. 

Acesse o link a seguir e confira o que o Ministro da Economia, Paulo Guedes falou sobre o Programa: https://pronatec.pro.br/atualizacao-no-bolsa-familia-e-novas-regras-junto-ao-auxilio-emergencial-e-renda-brasil/

 

Leia Também