Entenda a redução de R$ 102 no pagamento do Caixa Tem e Bolsa Família para brasileiros de NIS 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0

Neste mês, os adicionais do Bolsa Família passaram por uma redução expressiva nos valores. Isso se deve à ausência de um importante pagamento.

Você sabia que o Bolsa Família, esse programa tão crucial que ajuda milhões de famílias brasileiras, passará por uma redução significativa em março?

Pois é, essa notícia chegou como um alerta para todos que dependem desse auxílio para equilibrar as finanças da casa. Se você ficou curioso para entender essa mudança, acompanhe a matéria e veja o que realmente está acontecendo.

O Bolsa Família de março não conta com o auxílio de um segundo benefício importante, como aconteceu em fevereiro. Confira.
O Bolsa Família de março não conta com o auxílio de um segundo benefício importante, como aconteceu em fevereiro. Confira. / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

O impacto da redução do Bolsa Família em março

Recentemente, foi anunciado que o valor do Bolsa Família terá uma redução de R$ 102 para beneficiários específicos já neste mês de março.

Essa alteração afeta diretamente mais de 21 milhões de pessoas que veem nesse programa um suporte para o dia a dia.

A redução está atrelada à suspensão do vale-gás, um complemento que, em fevereiro, chegou a essa quantia, fazendo a diferença no orçamento de muitas famílias.

Saiba mais: Bolsa Família com PIX de R$ 635,00 confirmado HOJE (07)? Tire suas dúvidas sobre o novo extra do benefício

O que é o vale-gás?

Em síntese, o vale-gás é um auxílio financeiro do governo brasileiro destinado a famílias de baixa renda para ajudar na compra de botijões de gás de cozinha.

Este benefício busca minimizar o impacto dos custos elevados do gás no orçamento dessas famílias, garantindo que tenham acesso a esse recurso essencial para a preparação de alimentos.

O valor é concedido a cada dois meses, geralmente nos meses pares, considerando critérios de vulnerabilidade social e econômica para a seleção dos beneficiários. Ou seja, em março não há pagamentos, mas em abril eles retornam.

Calendário de pagamentos do Bolsa Família

Para organizar a vida financeira e não ser pego de surpresa, é essencial estar atento ao calendário de pagamentos do Bolsa Família.

Neste mês de março, os repasses começam no dia 15, para aqueles com Número de Identificação Social (NIS) terminado em 1, e vão até o dia 28, cobrindo todos os beneficiários. Confira:

  • NIS que tem final 1: 15 de março;
  • NIS que tem final 2: 18 de março;
  • NIS que tem final 3: 19 de março;
  • NIS que tem final 4: 20 de março;
  • NIS que tem final 5: 21 de março;
  • NIS que tem final 6: 22 de março;
  • NIS que tem final 7: 25 de março;
  • NIS que tem final 8: 26 de março;
  • NIS que tem final 9: 27 de março;
  • NIS que tem final 0: 28 de março.

Veja também: POLÊMICA no Bolsa Família valor menor em março e bloqueio de famílias

Luz no fim do túnel: benefícios adicionais

Mesmo com essa redução, há uma luz no fim do túnel. O programa conta com benefícios adicionais que podem aumentar o valor recebido, potencialmente superando a redução de R$ 102. São eles:

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC), que concede R$ 142 por membro da família.
  • Benefício Complementar (BCO), garantindo que a soma dos benefícios não seja inferior a R$ 600.
  • Benefício Primeira Infância (BPI), oferecendo R$ 150 para cada criança de até 7 anos.
  • Benefício Variável Familiar (BVF), com adicional de R$ 50 para gestantes e jovens entre 7 a 18 anos.
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN), proporcionando R$ 50 para crianças de até 7 meses.
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET), assegurando que nenhum beneficiário receba menos do que no programa anterior, Auxílio Brasil.

Cuidados para evitar bloqueios no CadÚnico

Para garantir que o Bolsa Família continue sendo uma fonte de apoio, é crucial manter o Cadastro Único atualizado e seguir as regras do programa.

Isso inclui realizar o acompanhamento pré-natal, aderir ao calendário nacional de vacinação e assegurar a frequência escolar das crianças. Fique atento a esses detalhes para evitar bloqueios e garantir o benefício para sua família.

Confira outros: Dinheiro SUMINDO das contas do Bolsa Família? Entenda a polêmica envolvendo NIS 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9 e 0