ATENÇÃO: decisão da Receita Federal pode trazer dinheiro EXTRA; veja quando receber

Quem pode receber o dinheiro extra da Receita Federal? Pagamentos começam ainda hoje; confira os principais critérios de recebimento!

Temos uma ótima notícia para você que está precisando complementar a renda nesse fim de ano! Nesta quinta-feira, 30 de novembro de 2023, a Receita Federal confirmou o depósito de dinheiro extra para milhões de brasileiros. De antemão, podemos dizer que pessoas de todas as regiões do Brasil poderão garantir acesso aos valores! Mas, em contrapartida, terão que cumprir alguns critérios para receber os depósitos.

Nesse sentido, surge a dúvida: afinal de contas, quem pode receber o dinheiro extra da Receita Federal? Este é o principal questionamento dos brasileiros, já que ninguém quer perder a oportunidade de receber uma verdadeira bolada em pleno final de ano. No guia que mostramos abaixo, você pode conferir todos os detalhes sobre o depósito de dinheiro extra pela Receita Federal, incluindo os requisitos atualizados de recebimento.

Decisão da Receita Federal pode trazer dinheiro EXTRA; veja quando receber! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br
Decisão da Receita Federal pode trazer dinheiro EXTRA; veja quando receber! Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Quantas pessoas declararam o IR em 2023?

Antes de mais nada, é importante salientar que o dinheiro extra que a Receita Federal pagará para os brasileiros é intimamente ligado à entrega da Declaração de Imposto de Renda.

Desse modo, quantas pessoas declararam o Imposto de Renda em 2023? Em 2023, vale citar, o período de entrega do documento chegou ao fim no dia 31 de maio.

Segundo dados do Governo Federal, a Receita recebeu 39.701.478 declarações em 2023. A quantia ultrapassou por pouco o número de declarações enviadas no ano passado.

Ainda de acordo com as informações do Governo, 62% dos brasileiros que declararam o Imposto de Renda podem receber as restituições relacionadas ao imposto.

Veja também: Saquei o FGTS, preciso declará-lo no Imposto de Renda? Entenda as REGRAS!

Do que se trata o dinheiro extra da Receita Federal?

O dinheiro extra que a Receita Federal começa a depositar para os brasileiros nesta quinta-feira (30), nada mais é do que o lote residual das restituições de Imposto de Renda.

É importante lembrar que, quando nos referimos aos lotes residuais da Receita, estamos falando sobre os pagamentos de restituição que não foram disponibilizados em tempo hábil, de acordo com o calendário de depósitos do órgão.

De acordo com o Fisco, R$ 762,9 milhões serão disponibilizados para mais de 358 mil brasileiros. A maior parte deste valor será voltada para os contribuintes prioritários – falaremos mais sobre eles abaixo.

Quem pode receber o dinheiro extra da Receita Federal?

O dinheiro extra da Receita Federal será concedido aos brasileiros que entregaram o Imposto de Renda em 2023, e que não conseguiram receber a restituição no calendário tradicional do órgão.

Em outras palavras, o lote residual de restituição vale para os contribuintes que caíram na Malha Fina do Leão e que, eventualmente, conseguiram regularizar a situação, resolvendo assim todas as pendências.

Dos 358.737 contribuintes que vão receber o lote residual da restituição, 214.370 têm prioridade no recebimento. Veja abaixo a tabela:

  • Contribuintes idosos acima de 80 anos: 5.774 pessoas;
  • Contribuintes idosos entre 60 e 79 anos: 58.060 pessoas;
  • Contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave: 6.654 pessoas;
  • Contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério: 14.863 pessoas;
  • Contribuintes que utilizaram a declaração pré-preenchida, ou optaram por receber a restituição via PIX: 129.019 pessoas.

Ou seja: 144.367 contribuintes são não prioritários. Estes, de acordo com a Receita Federal, devem receber por último o dinheiro extra do lote residual.

Por que os brasileiros caíram na malha fina?

Como você já pôde perceber, o pagamento do lote residual de restituição do Imposto de Renda é voltado, primordialmente, para os brasileiros que caíram na malha fina do órgão e, com o passar do tempo, conseguiram resolver as pendências.

Sendo assim, quantos contribuintes foram pegos pelo Leão em 2023? De acordo com a Receita Federal, 1.366.778 caíram na malha fina com a entrega da declaração deste ano – que vale lembrar, faz referências aos rendimentos de 2022.

Diversos motivos levaram os brasileiros a caírem na malha fina do Imposto de Renda! Abaixo, você pode conferir os exemplos mais prevalentes:

  • Deduções da base de cálculo em geral: 58,1% (nesse caso, os principais problemas foram relacionados a despesas médicas);
  • Omissão de rendimentos sujeitos ao ajuste anual de titulares e dependentes declarados: 27,6%;
  • Divergências entre os valores de IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte), entre os dados informados na Dirf, e entre as declarações das pessoas físicas na DIRPF: 10%;
  • Deduções do Imposto devido, recebimento de rendimentos acumulados e divergência entre os montantes declarados de carnê-leão e imposto complementar e os valores efetivamente recolhidos: 4,3%.

Passo a passo para conferir o dinheiro extra da Receita Federal!

Para consultar se você poderá receber o dinheiro extra da Receita Federal no lote residual de restituição, não há segredo: basta acessar a página oficial da Receita Federal, fazer login no site com as suas credenciais, escolher a opção “Meu Imposto de Renda” e, finalmente, clicar em “Consultar a Restituição”.

Com isso, você poderá conferir na tela se a sua restituição foi liberada, qual é o valor do pagamento, e quando o depósito será realizado na sua conta bancária.

“A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC”, diz a Receita em uma nota oficial à imprensa.

Atenção! O processo de consulta deve ser realizado EXCLUSIVAMENTE no site oficial da Receita, que está disponível em https://cav.receita.fazenda.gov.br/.

Veja também: Receita Federal anuncia medida para incentivar o empreendedorismo; MEI deve ser beneficiado

Como é realizado o pagamento do dinheiro extra?

O pagamento propriamente dito do dinheiro extra da Receita Federal, na forma do lote residual de restituição do Imposto de Renda, será realizado na conta bancária indicada pelos contribuintes na declaração dos rendimentos.

Por exemplo: se você incluiu uma conta da Caixa na sua declaração de Imposto de Renda, o depósito será realizado nessa mesma conta.

Atenção! De acordo com a Receita Federal, o depósito só acontece nas contas de titularidade dos beneficiários. Logo, para receber o pagamento em uma determinada conta, essa conta terá que estar no seu nome.

“Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil”, explica a Receita.

Nesse caso, para solicitar a retirada dos valores, será necessário entrar em contato com a Central de Atendimento do Banco do Brasil (no telefone 4004-0001 ou 0800-729-0001).

Por fim, confira o vídeo abaixo para entender como investir a restituição do IR e fazer o dinheiro render: