- Publicidade -

Quer comprar no Exterior em 2022? Valor limite para compras aumentou em janeiro

O valor limite agora é US$ 1.000 mercadorias vindas do exterior. Os viajantes podem trazer as compras por via aérea ou marítima. Saiba mais.

0

Boa notícia para quem adora fazer compras no exterior. A Receita Federal aumentou o limite de US$ 500 para US$ 1.000 mercadorias vindas  do exterior por via aérea ou marítima. A medida possibilita isenção tributária aos produtos trazidos pelos viajantes que chegam ao Brasil.

- Publicidade -

Além disso, a Receita  elevou as  cotas de outras modalidades de compras feitas em outros paíse. A nova regra é válida  desde o dia 1º de janeiro. Segundo o fisco, as alterações foram importantes e necessárias, já que  a cota de isenção das bagagens para viajantes era a mesma há 26 anos. Com isso, os viajantes podem fazer as suas compras tranquilamente até US$ 1.000. Só não podem esquecer de comprovar o valor para não ter problema com fisco. As exigências são válidas tanto para quem viaja  via aérea ou marítima.

Em nota, a Receita informou o seguinte: “As alterações efetuadas buscam readequar os valores até então vigentes minimizando o efeito inflacionário ocorrido em todo o mundo nas últimas décadas e gerando benefícios diretos e imediatos para os viajantes”.

Receita federal
Passageiros devem ficar atentos aos valores para não pagar multas. / imagem: divulgação

Compras sem impostos

- Publicidade -

A medida da Receita Federal facilita as compras no exterior porque elas ficam livres de impostos.  A decisão foi publicada no Diário Oficial da União de 31 de dezembro de 2021, atendendo a uma reivindicação dos brasileiros que costumam viajar para outros países.

O valor vale para bens de uso pessoal, como aparelho celular, câmera,  relógio, roupas, perfume, livros e outros itens. A cota é mensal e não cumulativa. Ou seja, se o passageiro fizer várias viagens ao exterior em um único mês, só poderá usar o valor determinado uma única vez. Outra regra que se deve ficar atento é que a cota é intransferível.

Veja também: Apps De Viagens: 10 Aplicativos Para Achar Passagens Aéreas Promocionais

Pode ultrapassar o limite?

- Publicidade -

Quem for viajar para o exterior e decidir fazer compras, não poderá ultrapassar o limite determinado pela receita de US$ 1.000. Caso isso aconteça, a pessoa que adquirir bens acima da nova cota definida pela Receita Federal, deverá declarar os itens, além de  pagar o imposto de importação no valor de 50% sobre o valor excedente.

Se o passageiro não declarar os bens, será autuado. Neste caso, , além do imposto, pagará ainda uma multa totalizando em 100% sobre o valor excedido. Outra novidade é que os viajantes ao retornarem ao Brasil podem gastar até US$ 1.000 nas lojas de desembarque Duty Dufry (FreeShop).

Veja também: Como Achar Promoção Relâmpago De Passagens Aéreas Na Madrugada: Os Melhores Preços E Companhias

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais