A partir de QUANDO meu salário será reajustado?

Novidades envolvendo o salário mínimo federal animam os brasileiros, que desejam saber a partir de quando os novos valores valerão.

O salário mínimo federal ganhou novos valores em 1º de maio de 2023. O reajuste, no entanto, começou ainda em 2022, em dezembro, quando o então presidente, Jair Bolsonaro, determinou o valor de R$ 1.302 para o piso salarial.  No entanto, desde que reassumiu o posto de Presidente da República,  Luiz Inácio Lula da Silva, falou, também, sobre um novo reajuste. E assim o fez. O que era R$ 1.302 mudou, e agora sobe para R$ 1.320. São R$ 18 a mais, um aumento real de 2,8% em relação ao anterior, que custará aos cofres públicos algo entre R$ 6,8 bilhões a R$ 7,7 bilhões. Mas quando o novo valor passará a valer? Pois bem, veja a resposta mais abaixo.

Governo Lula cumpre com promessa e garante novo reajuste do salário mínimo federal; veja valores. (Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br).

Lula propõe novo valor para o salário mínimo, quando entrará em vigor?

Antes de mais nada, é importante destacar que a atualização do valor do salário mínimo também altera o cálculo de benefícios sociais, previdenciários e trabalhistas de milhões de brasileiros.  O novo valor proposto passa a valer a partir do dia 1° de maio. Nesse sentido, o salário mínimo a ser recebido pelos trabalhadores, a partir de agora, será de R$ 1.320.

Há tempos o salário mínimo não havia passado por nenhum aumento real. São pelo menos cinco anos desde que isso aconteceu. Com o novo reajuste proposto, a alta real é estimada em 2,8%. Este percentual, por sua vez, representa um ganho acima da inflação atual. Como mencionado, a nova quantia também influenciará nos benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e outros abonos que ocorrerão futuramente, como é o caso do PIS/PASEP e o 13° salário.

Saiba também: FINALMENTE SAIU: este é o valor do novo salário mínimo

Valores pagos em 2024 também estão previstos

Em abril, o Governo Federal enviou ao Congresso Nacional o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Nele, foi instituído o salário mínimo de R$ 1.389 para o próximo ano. Apesar da previsão, a ministra do Planejamento, Simone Tebet, em coletiva de imprensa, garantiu que o valor apresentado, que não prevê um aumento real, passará por um novo reajuste. O discurso parece está bem alinhado, já que o  ministro do Trabalho, Luiz Marinho, deu o mesmo parecer.

Ainda de acordo com a ministra, não há a menor chance de o presidente, em 2024, não elevar o salário mínimo de modo que o aumento seja real. Tebet finaliza dizendo:

”Que tire de qualquer lugar, mas o presidente [se referindo à Lula] não vai descumprir uma promessa de campanha.”

Lula propõe novas alterações

Além disso, Lula também anunciou que a faixa de isenção do Imposto de Renda também passará por uma alteração. Hoje em dia, por exemplo, são isentos aqueles que recebem até R$ 1.903,98. Dessa forma, com o novo salário mínimo, a faixa de isenção se eleva para as pessoas que recebem até dois salários mínimos, isto é, R$ 2.640. Este valor, no entanto, pode ser alargado para até R$ 5 mil, de acordo com a proposta de campanha de Lula.

Veja mais: Notícia sobre novo aumento do salário mínimo deixa brasileiros PREOCUPADOS; entenda!