Qual é o valor da multa para quem cair na malha fina do Imposto de Renda 2024? Veja TODAS as penalidades

Cair na malha fina é um dos maiores pesadelos de quem declara o Imposto de Renda. Afinal, ela pode trazer uma série de complicações que viram bolas de neve.

Estar em dia com o Imposto de Renda é uma obrigação de todo contribuinte brasileiro. No entanto, cair na malha fina e enfrentar multas pode ser uma dor de cabeça ainda maior.

O processo de declaração do Imposto de Renda exige atenção e cuidado para evitar erros que possam levar à malha fina, e consequentemente, à aplicação de multas. Confira detalhes.

Você não quer cair na malha fina quando declarar o Imposto de Renda neste ano? Então fique de olho nas orientações!
Você não quer cair na malha fina quando declarar o Imposto de Renda neste ano? Então fique de olho nas orientações! / Foto: Sergio V. S. Rangel / Shutterstock

O que é malha fina e como evitar?

Em suma, a malha fina é um processo de análise detalhada realizado pela Receita Federal para verificar possíveis inconsistências na declaração do IR.

Isso pode ocorrer devido a erros de digitação, omissão de rendimentos, entre outros. Dessa forma, para evitar cair na malha fina, é fundamental preencher a declaração com precisão e estar atento às informações cadastrais.

Corrija erros para evitar multas

Agora, se a sua declaração caiu na malha fina, o primeiro passo é verificar pendências na plataforma “Meu Imposto de Renda” e corrigir as inconsistências.

A retificação da declaração é um procedimento simples que pode evitar atrasos na restituição e a aplicação de multas.

Vale ressaltar que a retenção na malha fina não gera multas automaticamente, mas é importante agir rápido para corrigir os erros.

Multas e consequências da malha fina

Em contrapartida, caso não corrija as pendências a tempo, a Receita Federal pode aplicar multas sobre o valor do imposto devido, além de outras consequências como negativação do nome e possível indiciamento por crime tributário.

A multa por atraso na entrega da declaração é de 1% ao mês sobre o imposto devido, limitada a 20% do valor total a ser pago, com um mínimo de R$ 165,74.

Confira também: CAIXA anuncia devolução de dinheiro direto na conta dos correntistas; confira as 3 tarifas atingidas

Como sei que caí na malha fina?

Ademais, para descobrir se você caiu na malha fina do Imposto de Renda, acesse o e-CAC (Centro Virtual de Atendimento) da Receita Federal (https://cav.receita.fazenda.gov.br/autenticacao/login).

É necessário ter uma conta gov.br níveis prata ou ouro. No e-CAC, selecione “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)” e verifique em “Pendências de Malha”.

Lá, é possível identificar se sua declaração foi retida e o motivo. Caso haja erros, envie uma declaração retificadora.

As principais causas de retenção incluem divergências em deduções médicas e omissão de rendimentos. Resolver essas pendências é crucial para evitar atrasos na restituição e possíveis multas.

Prazos do IR 2024

O prazo para a entrega da Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (DIRPF) 2024, referente ao ano-base 2023, está definido entre 15 de março e 31 de maio, conforme informado pela Receita Federal.

Os contribuintes devem ficar atentos a esse período para evitar a incidência de multas por atraso na entrega. Este calendário segue o mesmo prazo do ano anterior, mantendo os dois meses e meio para a realização do procedimento.

Detalhes adicionais sobre o programa deste ano serão disponibilizados pela Receita Federal em breve. É crucial estar em dia para evitar complicações futuras.

Não perca suas obrigações!

A chave para evitar dores de cabeça com a Receita Federal é a prevenção. Mantenha-se organizado, preencha sua declaração de Imposto de Renda com atenção e dentro do prazo.

Em caso de dúvidas ou erros, não hesite em corrigi-los o quanto antes. Assim, você evita cair na malha fina e, consequentemente, o pagamento de multas indesejadas.

Veja mais: Simulador do Imposto de Renda 2024 pode PREVER o valor do IRPF: veja como usar