Qual carro vale mais a pena, ELÉTRICO ou A COMBUSTÃO? Veja a melhor opção para o seu bolso

Confira a comparação

0

Atualmente, a chegada dos carros elétricos representa a chegada de uma nova tecnologia, almejada durante décadas. Com a oscilação dos preços da gasolina, combustível com maior número de utilização, optar por um veículo elétrico pode ser a solução para diversos brasileiros, que possuem condições financeiras de adquirir esse tipo de automóvel, considerando os valores.

Assim sendo, surge uma grande dúvida entre grande parte dos condutores, em relação ao custo/benefício dos automóveis. A grande questão, é justamente qual opção poderá gerar mais economia, considerando o impacto financeiro. Portanto, se você se interessa pelo mundo automobilístico, vale a pena conferir a comparação de valores, para assim, escolher a melhor opção para o seu bolso.

Elétrico ou a combustão
Formas de economizar / Foto: divulgação

Diferenças entre um carro elétrico e a combustão

Primeiramente, antes de realizar a comparação dos custos, é válido entender quais as principais diferenças entre os carros elétricos e aqueles que dependem da combustão. Antecipadamente, diversos brasilerios ainda têm dúvidas em relação ao funcionamento de um carro elétrico, bem como sobre como ocorre a recarga e qual o valor estimado desse tipo de veículo.

Dessa forma, um carro elétrico funciona de um jeito um tanto quanto simples: através da recarga, utilizando a própria energia elétrica. Isto é, um carro elétrico não necessita de abastecimento, porque ele funciona como um aparelho celular, que ao acabar a bateria, basta conectá-lo à tomada, a fim de fornecer carga o suficiente para continuar usufruindo dos recursos dispostos.

Assim sendo, diferente dos veículos tradicionais, que dependem do abastecimento, o carro elétrico não possui nem mesmo um taque, apenas uma entrada para que seja possível conectar o carregador do automóvel. Além disso, existem diferentes pontos de recarga espalhados pelo Brasil, assim como postos de gasolina, apesar de que o número de pontos seja um tanto quanto inferior aos de abastecimento.

Veja também: Entenda de uma vez por todas a proposta da CNH GRATUITA; veja quem terá direito

Qual vale mais a pena?

Antes de mais nada, a startup Green V, criada em 2021, é uma empresa responsável pela solução de recargas e mobilidade elétrica. Assim sendo, o CEO da empresa, Junior Miranda, divulgou um cálculo capaz de comparar qual dos dois automóveis possuem um melhor custo/benefício, considerando os preços gastos para que seja possível utilizar o carro.

Contudo, é necessário pontuar, que os valores levam em contam a estimativa de preços do estado de São Paulo. O foco está em ter uma base sólida para comparação. Portanto, segundo as informações divulgadas, o preço considerado da gasolina foi de uma média de R$4,90. Logo, considerando um cidadão que utiliza com frequência seu veículo, o valor anual gasto com abastecimento seria por volta de R$3.267,00. O cálculo considera que 1 litro de gasolina equivale à 9 km rodados. O valor corresponde a R$272,00, mesalmente.

Já em relação aos carros elétricos, é preciso considerar o kWh (Quilowatt-hora), capaz de medir o consumo de energia. Assim, considerando a mesma frequência de uso, um veículo elétrico resultaria no gasto de R$533, anualmente. Isto corresponde a R$44 ao mês. No entanto, um carro elétrico com preço “em conta”, custa em média R$230 mil, enquanto um carro popular, pode ser achado por R$40 mil.

Veja também: É preciso ter CNH para conduzir bicicletas elétricas? Confira as regras de trânsito