Afinal, quais beneficiários do Bolsa Família receberão VISITA do Governo através do CRAS

Visitas do CRAS ao Bolsa Família esclarecem dúvidas sobre bloqueios, focando na atualização cadastral para garantir que benefícios alcancem quem realmente necessita.

O programa Bolsa Família, pilar de sustentação para milhões de brasileiros, enfrenta um novo desafio com a recente onda de mensagens sobre bloqueios de benefícios. 

Para dissipar as dúvidas e garantir que o auxílio chegue a quem realmente precisa, o CRAS realizará visitas domiciliares aos beneficiários. 

Este artigo visa esclarecer o propósito dessas visitas, o significado dos códigos mencionados nas notificações e como as famílias podem se preparar para garantir a continuidade de seu suporte financeiro.

Afinal, quais beneficiários do Bolsa Família receberão VISITA do Governo através do CRAS
Descubra quem será afetado com os cortes do Bolsa Família – Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / pronatec.pro.br

Atualização cadastral do Bolsa Família: entenda o processo de visita do CRAS

O programa Bolsa Família, essencial para milhões de famílias brasileiras, passa por um momento crucial. 

Uma série de mensagens sobre bloqueios de benefícios tem preocupado seus beneficiários. Para esclarecer a situação, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) inicia visitas domiciliares. 

Mas, o que isso significa para os envolvidos e como as famílias podem se preparar para essas visitas?

O que desencadeou as visitas?

Muitos beneficiários do Bolsa Família começaram a receber avisos de bloqueio do benefício para março de 2024.

Essas notificações resultam de uma ampla atualização cadastral promovida pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). 

O objetivo? Certificar-se de que o auxílio alcance exclusivamente aqueles que atendem aos critérios do programa. 

Durante a atualização, famílias com pendências cadastrais enfrentam um bloqueio temporário, instaurado para garantir a correta distribuição dos recursos.

Compreendendo o código 5 P3

Dentro dessas mensagens de bloqueio, surge a menção ao código 5 P3, gerando dúvidas. 

Este código identifica especificamente o público do grupo 3, necessitado de atualizar suas informações cadastrais. 

Entender e responder a esses códigos é vital para a continuidade do recebimento do Bolsa Família, evitando interrupções desnecessárias no benefício.

As visitas do CRAS: quem será visitado?

Para tornar a atualização cadastral mais eficiente, o CRAS programou visitas aos lares dos grupos mencionados. 

Essas inspeções visam verificar a veracidade das informações cadastrais, assegurando que o benefício seja justamente alocado.

Embora nem todas as famílias sejam visitadas – devido à limitação de recursos em algumas regiões – aquelas com notificações prévias de bloqueio terão prioridade.

O que esperar e como se preparar?

Para as famílias notificadas para atualização, é crucial cumprir as orientações fornecidas, comparecendo ao CRAS se necessário, para evitar o cancelamento do benefício. 

Em certos casos, o CRAS pode informar que a visita domiciliar não ocorrerá, pois a atualização já foi realizada internamente. 

Contudo, manter as informações cadastrais precisas e atualizadas é sempre recomendável para garantir o recebimento ininterrupto do auxílio.

Veja também: ALERTA GERAL para os beneficários do Bolsa Família nos próximos dias; entenda a POLÊMICA

Calendário de março 

O Bolsa Família é pago de acordo com o último dígito do NIS. Confira o calendário de março. 

  • O NIS que termina em 1 pode sacar desde o dia 15 de março;
  • O NIS que termina em 2 pode sacar desde o dia 18 de março;
  • O NIS que termina em 3 pode sacar desde o dia 19 de março;
  • O NIS que termina em 4 pode sacar desde o dia 20 de março;
  • O NIS que termina em 5 pode sacar desde o dia 21 de março;
  • O NIS que termina em 6 pode sacar desde o dia 22 de março;
  • O NIS que termina em 7 vai receber no dia 25 de março;
  • O NIS que termina em 8 vai receber no dia 26 de março;
  • O NIS que termina em 9 vai receber no dia 27 de março;
  • O NIS que termina em 0 vai receber no dia 28 de março.

Veja também: Por que os beneficiários do Bolsa Família PERDERAM R$ 102,00 este mês?