- Publicidade -

ProUni 2022/2: MEC divulga mudanças em bolsas para universidades

Programa de financiamento estudantil traz novidades. Veja.

0

Novidade na área! De acordo com o Ministério da Educação, agora também será possível utilizar a nota das últimas duas edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para se inscrever no Prouni do 2° semestre de 2022.

- Publicidade -

O anúncio veio na quarta-feira passada, 15 de Junho. Na ocasião, o MEC publicou o edital de adesão das Instituições de Ensino Superiores ao Programa Universidade para Todos. A seguir, saiba mais sobre.

Saiba todas as novidades do programa. (Imagem: Divulgação).

ProUni 2022/2

Como dito, o Ministério da Educação publicou o edital de adesão das Instituições de Ensino Superiores ao Prouni 2022/2 . Conforme divulgado pelo órgão, nesta edição também será possível usar a nota dos dois últimos exames do Enem.

- Publicidade -

Entretanto, a medida não é recente, pois a edição do 1° semestre do Prouni deste ano também possibilitou a inscrição dos participantes que fizeram um dos dois últimos Enem (edições de 2021 e 2020).A iniciativa veio conforme decreto assinado pelo Presidente da República.

O informativo do MEC ainda informa que o calendário e critérios do processo seletivo do Prouni 2022/2 serão definidos em Edital, o qual ainda não foi publicado. Por outro lado, as inscrições para o programa devem iniciar no final de Julho, mas ainda sem data definida.

A saber, o Prouni é um dos principais programas do Governo Federal para ampliar o acesso à Educação Superior para a os brasileiros. Ademais, as inscrições estão abertas 02 vezes por ano, no começo e no meio; e fornece bolsas de estudo parciais e integrais em Instituições de Ensino Privadas.

Veja também: Lote de restituições do Imposto de Renda terá correção no valor; veja como consultar nesta semana 

- Publicidade -

Mudanças

Uma das alterações previstas se diz respeito a regularidade fiscal das faculdades participantes. Agora, a verificação da regularidade fiscal e da não existência de registro de pendência no Cadin (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal) das instituições deverá ser feita a cada processo eletivo do programa; e não mais apenas no início do 1º semestre.

Além disso, outra alteração que a portaria realizou é a possibilidade de participar do Prouni tendo feito pelo menos uma das 02 edições mais recentes do Enem; ou até mesmo ambas as edições (2021 e 2020). Anteriormente, somente era aceita a nota da edição mais recente da prova.

Além disso, a partir de julho de 2022 os estudantes de Escolas Privadas também podem se inscrever no programa, mesmo se não forem bolsistas. Por fim, o documento ainda informa sobre algumas alterações nas regras do programa em relação à documentação, cotas e à seleção dos candidatos. Confira em: https://bityli.com/sfwNOR

- Publicidade -

Veja também: Bolsas 100% gratuitas em curso online de Harvard: Certificado disponível para alunos que concluírem os estudos 

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais