Prorrogação do Auxílio e do Bolsa Família até 2021: 2ª onda da Covid e novos PAGAMENTOS

Vinicius Colares
Atualizado Hoje!

Prorrogação do Auxílio e do Bolsa Família até 2021 – Voltam as discussões sobre a renovação do Auxílio Emergencial e do programa de renda mensal!

Estamos no fim do ano e ainda não estão confirmadas as produções das vacinas para ajudar no combate do Covid-19. Com isso, novas ondas estão surgindo em outras regiões do mundo e esse pode ser um cenário no Brasil. Por isso voltou a discussão sobre prorrogação do Auxílio e do Bolsa Família até 2021

Até o momento, todos os prazos de renovação de programas emergenciais foram pensadas para o prazo do fim de ano (31 de dezembro de 2020). É nessa data que termina o estado de calamidade pública definido pelo Governo Federal. 

Com essa nova onda da pandemia em diversas regiões, voltaram as discussões internas sobre a necessidade de renovação dos auxílios e benefícios. Confira o que está sendo dito e saiba todos os detalhes. 

Prorrogação do Auxílio e do Bolsa Família até 2021
Imagem: Divulgação

Prorrogação Auxílio Emergencial 2021

Voltaram os debates sobre a prorrogação do Auxílio Emergencial 2021. Isso está acontecendo depois que países da Europa e os Estados Unidos registaram uma “segunda onda” da pandemia do Covid-19. 

Com isso, de acordo com matéria do site UOL, uma ala do Governo e também do Congresso estão sofrendo pressão para a renovação do Auxílio Emergencial. Essa e outras medidas de combate aos efeitos da pandemia poderão ser necessárias para grande parte de população brasileira. 

De acordo com levantamento do jornal Estado de S. Paulo, porém, a equipe econômica do Governo Federal já está pensando em uma forma de “fechar a porta” para isso. A estratégia está sendo montada para uma solução legal com a intenção de não autorizar maiores gastos nesse fim de ano. 

Vai ter prorrogação Auxílio Emergencial 2021?

Afinal, vai ter a prorrogação do Auxílio Emergencial 2021? De acordo com informações do Estadão, a ideia da equipe econômica é publicar uma portaria que vai delimitar o que será pago de gastos da pandemia no ano que vem. 

A intenção é “pendurar” para 2021 apenas algumas despesas. A portaria definiria os “restos a pagar”, como são chamados esses tipos de despesas. A ideia é transferir apenas alguns valores em aberto de um ano para o outro. 

Em resumo: a intenção da equipe econômica, de acordo com o levantamento da UOL, é fechar qualquer brecha legal para continuar o pagamento do Auxílio Emergencial em 2021 – ou outros benefícios. 

Mas essa ainda não é uma posição oficial já que essa portaria para os “restos a pagar” ainda não foi publicada. 

Novos Pagamentos Bolsa Família 2021

O que está confirmado, porém, são os novos pagamentos Bolsa Família 2021. Através de um empréstimo com o Banco Mundial, o Governo Federal garantiu que mais de 3 milhões de novos beneficiários passarão a receber os valores no próximo ano. 

Ainda não foram definidos os detalhes sobre como vai ser a renovação do Bolsa Família em 2021, mas milhões de novas pessoas poderão começar a receber. É necessário aguardar a posição do Governo já que podem surgir novidades sobre o novo Bolsa Família

De acordo com o líder do governo no Senado, Fernando Bezerra, a ideia é justamente NÃO renovar o Estado de calamidade pública e começar a tratar do Renda Brasil. Esse vai ser o novo programa de renda mensal, mas ainda está em fase de definição do Governo Federal. 

Calendário COMPLETO do Bolsa Família com os PAGAMENTOS no mês de NOVEMBRO: Acompanhe as DATAS!

 

Leia Também