Prorrogação Auxílio Emergencial: Ministro da Economia se pronuncia sobre o Benefício! Bolsonaro confirma 4 parcela do Auxílio…

Vinicius ColaresVinicius Colares
Atualizado Hoje!

Prorrogação Auxílio Emergencial – Confira o que disse o Ministro da Economia sobre a possibilidade de prorrogar o benefício de R$ 600,00! Bolsonaro confirma quarta parcela do auxílio emergencial e diz que pode haver quinta!

Neste momento são milhões de brasileiros e brasileiras de todas as idades que precisam ajudar a sua família e contam com o benefício de R$ 600,00. É por isso que a prorrogação do Auxílio Emergencial já está sendo pedida por muitas pessoas. 

Isso acontece principalmente porque não temos ideai ainda de quando sair dessa crise econômica graças à pandemia do novo coronavírus. A ideia é que o isolamento social se mantenha por isso muitos vão precisar dessa ajuda do Governo Federal. 

A seguir vamos trazer um pouco do que falou o Ministro da Economia sobre o assunto. Confira e saiba como os governantes estão lidando com essa pressão para fazer a prorrogação desse benefício. 

Prorrogação Auxílio Emergencial
Imagem: Divulgação

Auxílio Emergencial vai ser prorrogado?

Mas então está confirmado que o Auxílio Emergencial vai ser prorrogado? Paulo Guedes, Ministro da Economia, falou que existe sim a possibilidade de estender por mais um tempo os valores. 

Auxílio Emergencial, PIS/Pasep, INSS e FGTS: Saiba o que você pode Receber!

Mas de acordo Guedes, isso será possível por um ou dois meses. Ainda assim seria possível fazer isso com um Auxílio Emergencial de R$ 200,00. Isso porque a saúde financeira do país não suportaria tranquilamente os valores que estão sendo liberados por mais tempo: R$ 600,00 ou R$ 1,2 mil (para mães solteiras). 

Essa ajuda foi criada justamente para auxiliar quem está passando por momentos críticos como trabalhadores informais e desempregados. E a proposta era durar apenas três meses. Até o momento em que foi escrita esta matéria, o Presidente Jair Bolsonaro não havia se manifestado sobre a prorrogação do auxílio de forma clara. Na sexta-feita, 22/05, o Presidente disse ter conversado com Paulo Guedes (Ministro da Economia) sobre o assunto e confirmou a quarta parcela do auxílio emergencial, com possibilidade de existir a quinta, mas ressaltou que valores não estão definidos!

Auxílio Emergencial até quando vai 

Mas e até quando vai o Auxílio Emergencial? Como foi feito para esse período trimestral, seriam pagamentos para abril, maio e junho. Agora, com a possível prorrogação de dois meses, seria possível ter essa ajuda até o mês de agosto. 

Governantes e políticas de todas as regiões do país estão defendendo que aconteça essa prorrogação. Isso ajudaria milhares de famílias em todo o Brasil e também facilitaria a vida de prefeituras e governos estaduais. Com a fala do presidente Bolsonaro na sexta-feira (22) é muito possível que o auxílio se estenda, portanto. 

Quarta parcela do Auxílio Emergencial

É oficial a fala da quarta parcela do Auxílio Emergencial! De acordo com Bolsonaro, houve uma conversa com a equipe econômica e é viável mais uma parcela. De acordo com o presidente, o valor ainda não está definido mas é pouco provável que seja de R$ 600,00.

Segundo ele, talvez tenha também uma quinta parcela do Auxílio Emergencial. “Talvez seja de R$ 200,00 ou R$ 300,00”, confirmou. Essa notícia foi dada em uma entrevista para a rádio Jovem Pan, em São Paulo na sexta-feira (22).

Renovação Auxílio Emergencial

Por fim, especialistas apontam que é bem possível a renovação do Auxílio Emergencial. Isso porque a equipe econômica do Governo Federal se mostrou, primeiramente, contrária ao aumento das parcelas. 

Agora, porém, o discurso de Paulo Guedes mudou um pouco. Isso porque essa posição poderia ser um apoio para o Governo Federal e também é um auxílio fundamental para a população brasileira. 

O ministro Paulo Guedes falou do Auxílio Emergencial, finalmente, perguntando se a sociedade prefere um mês de R$ 600,00 ou mais três de R$ 200,00. Segundo ele, essa conta que está sendo feita mas que a extensão pelo valor integral de R$ 600,00 seria difícil.

Confira como vai ser o pagamento do Auxílio Emergencial depois das mudanças: https://pronatec.pro.br/segunda-parcela-do-auxilio-emergencial-sera-paga-de-forma-diferente/

 

Leia Também