- Publicidade -

Pronatec 2015

115

Pronatec 2015 – Cursos, Vagas e Inscrições

- Publicidade -

O Pronatec 2015 se destaca como uma excelente oportunidade para quem deseja se qualificar e aumentar as chances no mercado de trabalho. O programa oferece vagas para cursos gratuitos com o propósito de melhorar a capacidade da mão-de-obra e também estimular a geração de emprego em todo o país.

www.pronatec.pro.br

Nos seus primeiros quatro anos de história, o Pronatec ofertou quase 8 milhões de vagas para cursos profissionalizantes grátis, de norte a sul do Brasil. Agora, o programa está vivendo uma nova fase, com metas ainda maiores e ambiciosas.

O que é o Pronatec?

- Publicidade -

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado em 2011 pelo Governo Federal. Desde que entrou em vigor, a iniciativa tem se comprometido em ampliar o número de brasileiros cursando a educação profissional e tecnológica.

Com uma política sólida e que já tem contribuído com o futuro profissional de muitos trabalhadores, o Pronatec busca alcançar alguns objetivos, tais como: expandir, democratizar e interiorizar os cursos profissionalizantes; reformar e ampliar escolas; melhorar a qualidade do ensino médio; aumentar a quantidade de recursos pedagógicos e aumentar o número de oportunidades educacionais dos trabalhadores.

O programa do governo trabalha com diferentes iniciativas, sendo que a principal delas é a Bolsa Formação. Essa modalidade oferta cursos gratuitos de qualidade, tanto para trabalhadores como também para estudantes que acabaram de concluir o ensino médio.

Cursos do Pronatec 2015

- Publicidade -

Todos os cursos do Pronatec 2015 são de alta qualidade, ou seja, reconhecimentos pelo Ministério da Educação e valorizado pelo mercado de trabalho. As opções de capacitação se classificam dentro de 12 eixos tecnológicos. São eles: Ambiente e Saúde, Controle
Processos Industriais, Desenvolvimento Educacional e Social, Gestão e Negócios, Informação e Comunicação, Infraestrutura, Produção Alimentícia, Produção Cultural e Design, Produção Industrial, Recursos Naturais, Segurança, Turismo, Hospitalidade e Lazer.

www.pronatec.pro.br

Além de não precisar pagar as mensalidades, os alunos do Pronatec também recebem material didático gratuitamente e uniforme. Em alguns casos, eles contam com ajuda de custo para arcar com as despesas de transporte e alimentação.

Os cursos gratuitos do Pronatec são classificados em duas modalidades: Técnico e Formação Inicial e Continuada (FIC). Saiba mais sobre cada uma delas:

- Publicidade -

Cursos técnicos

Os cursos técnicos do Pronatec são ofertados com o propósito de desenvolver competências profissionais em determinadas especialidades. São 220 títulos disponíveis no catálogo do programa, que estão classificados por eixos tecnológicos.

A cada ano que passa está aumentando o número de brasileiros que preferem fazer um curso técnico ao invés de que investir na faculdade. Isso acontece porque as empresas de diferentes segmentos estão olhando mais para os candidatos de nível técnico e oferecendo oportunidades de trabalho à eles.

Existem inúmeras vantagens em se fazer um curso técnico, tais como: ensino aprofundado numa área específica, alta taxa de empregabilidade, bons salários, formação rápida e boa aceitação no mercado profissional.www.pronatec.pro.br

- Publicidade -

Entre os cursos técnicos mais procurados do Pronatec, podemos destacar: Segurança do Trabalho, Logística, Edificações, Informática, Enfermagem e Radiologia. Cada curso tem uma carga horária média de 1200 horas, sendo concluído no período de dois anos.

Cursos de Formação Inicial e Continuada

Os cursos FIC do Pronatec são recomendados para as pessoas que desejam conquistar um diploma o quanto antes e assim ocupar uma vaga de emprego. Essa modalidade é vantajosa porque oferece um treinamento de curta duração e focado nas funções mais demandadas pelas empresas.

Atualmente, o Pronatec trabalha com 646 cursos gratuitos na modalidade de Formação Inicial e Continuada. As vagas são abertas conforme a necessidade de cada região e a disponibilidade das instituições parceiras.

Através da modalidade FIC, o programa do Governo Federal forma profissionais para atuar em diferentes carreiras, como auxiliar administrativo, ajudante de padeiro, almoxarife, pedreiro, atendente de lanchonete, assistente de vendas, auxiliar de confeitaria, balconista de farmácia, auxiliar de cozinha, barista, caldeiro, operador de rampa, entre outras.

Parceiros do Pronatec

Para conseguir oferecer vagas para cursos gratuitos, o Pronatec mantém uma ampla rede de parceiros, formada por instituições públicas e privadas. Confira mais detalhes sobre essas parcerias:

Sistema S

Os Sistemas Nacionais de Aprendizagem são parceiros essenciais do Pronatec. O Senai, por exemplo, se preocupa com a formação de mão-de-obra capacitada para a indústria. Já o SENAT tem foco no treinamento de profissionais para o transporte. Por fim, o SENAR oferece oportunidades educacionais para trabalhadores rurais.

Institutos federais

A rede federal de educação profissional, científica e tecnológica também se destaca como um dos braços fortes do Pronatec. Os institutos estão presentes em todo o país e se preocupam com a oferta de cursos profissionalizantes gratuitos, principalmente da modalidade de Formação Inicial e Continuada.

Redes estaduais e municipais

O Pronatec não seria capaz de cumprir as suas metas se não fosse pelas redes estaduais e municipais que colaboram com a iniciativa. As escolas administradas pelo estado ou pelo município recebem incentivo financeiro do programa do governo para que possam oferecer novas oportunidades.

Universidades particulares

No que diz respeito à oferta de cursos técnicos gratuitos, as universidades particulares se destacam como parceiras importantes do Pronatec. Entre as instituições conveniadas ao programa, estão: UNIP, Estácio de Sá, Anhanguera, Pitágoras, UNIC, UNIME, UNOPAR, FAMA, UNIRONDON, UNIDERP, UNINOVE, Cruzeiro do Sul, Anhembi Morumbi e muitas outras.

Quem pode participar do Pronatec?

O Pronatec estabelece algumas prioridades na hora de definir os públicos atendidos. Conforme diz a Lei 12.513/2011, o programa dá preferência aos estudantes do ensino médio da rede pública (inclusive o EJA), aos trabalhadores em geral, beneficiários de programas de transferência de renda (Bolsa Família, por exemplo) e estudantes que já concluíram o ensino médio na rede pública ou com bolsa integral em uma escola particular.

Em geral, o programa do Governo costuma abrir turmas exclusivas para determinados públicos No entanto, quando há vagas remanescentes, toda a população interessada pode participar do processo seletivo.

Pronatec 2.0

Depois de obter sucesso com a sua primeira fase, que disponibilizou 8 milhões de vagas em todo o Brasil, o programa do Governo está vivenciando o seu segundo momento. O Pronatec 2.0 estabeleceu uma nova meta de ofertar 12 milhões de oportunidades de educação profissional e tecnológica até 2019. O número é ambicioso, mas o Ministério da Educação está fazendo de tudo para dar conta dessa proposta.

A nova fase do Pronatec conta com algumas novidades. Se na sua primeira edição o foco era o turismo, por conta dos grandes eventos esportivos, agora o objetivo é ampliar os cursos que estimulam o empreendedorismo e a gestão de pequenas empresas.

Inscrições Pronatec 2015

Sisutec

O Pronatec, para ocupar as vagas gratuitas de cursos técnicos, utiliza um processo seletivo unificado que recebe o nome de Sisutec. Esse sistema informatizado, desenvolvido pelo MEC, reúne em um único espaço todas as oportunidades do programa que contemplam a modalidade de habilitação técnica.

Nesse ano de 2015, o Sisutec receberá inscrições de 29 de junho a 03 de julho. Para se candidatar às vagas, os interessados precisam ter participado do Enem 2014 e ter ensino médio completo. No dia 07 de julho acontecerá a primeira chamada, com prazo de matrícula
que se estende de 08 a 10 de julho. Haverá, ainda, uma segunda chamada no dia 14 de julho, com período de matrícula de 15 a 17 do mesmo mês.

Em um terceiro momento, o Sisutec 2015 abrirá inscrições para as suas vagas remanescentes, que vai de 20 de julho a 2 de agosto. Nesse caso, a participação no Enem 2014 não é uma obrigatoriedade.

Site do Pronatec

No site do Pronatec é possível acompanhar a abertura de novas oportunidades educacionais em todo o país. Assim que houver uma turma aberta em sua cidade, basta fazer a inscrição online e aguardar a notificação por e-mail.

CRAS e CREAS

As pessoas interessadas em fazer um curso do Pronatec podem procurar, pessoalmente, um dos Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CRAS e CREAS). Esse serviço social tem se preocupado com a requalificação dos trabalhadores brasileiros.

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. AceitarLeia Mais