Programa Fundo Esperança: LIBERADO R$ 100 MILHÕES para GARANTIR EMPREGO e RENDA!

Atualizado Hoje!

Programa Fundo Esperança: No total são R$ 100 milhões, para ajudar pequenos negócios e assegurar emprego e renda para grande parte da população.

Milhares de pessoas estão preocupadas com a sua situação financeira. Isso porque o impacto econômico da pandemia do novo coronavírus está afetando várias regiões do país. É pensando nisso que surge o Programa Fundo Esperança

Esse é o tipo de ação de Governos Estaduais que está surgindo com a intenção de diminuir o impacto econômico causado pelo Covid-19. Esse tipo de auxílio pode interferir positivamente na vida de milhares de pessoas. 

Confira a seguir como vai funcionar exatamente essa ação específica. Entenda e saiba como vão ser as inscrições e como brasileiros e brasileiras poderão contar com essa ajuda no momento de se reerguer.

Programa Fundo Esperança
Imagem: Bruno Cecim / Ag. Pará

 

Inscrições Programa Fundo Esperança

É oficial: aconteceram as Inscrições no Programa Fundo Esperança para milhares de trabalhadores. Esse novo programa de crédito agora está acontecendo a partir do processo de cadastros feito exclusivamente pela internet. 

Cliente TOP Caixa Tem: Como USAR e SOLICITAR EMPRÉSTIMO pelo APLICATIVO!

De acordo com informações oficiais, serão um total de R$ 100 milhões em recursos públicos para essa terceira parte do programa. Juntando com o que foi liberado na primeira etapa já foram disponibilizados R$ 253 milhões pelo Governo Estadual. 

Para quem ainda não sabe como funciona o Programa Fundo Esperança, esses valores são voltados para micro e pequenas empresas bem como para trabalhadores informais. Também são beneficiários os chamados trabalhadores da economia criativa. A intenção é diminuir os impactos econômica graças ao Covid-19. 

O programa conta com parcerias fixas: a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Banpará. 

Cadastro Fundo Esperança

Como dito anteriormente, o Cadastro do Fundo Esperança deverá ser feito totalmente online (pelo site no fim do texto). Mas para tirar dúvidas e atender os interessados, foi criada uma linha de telefone específica. 

Todos os interessados em saber mais sobre o cadastro no Programa Fundo Esperança podem obter esclarecimentos no telefone: (91) 98466-6404 (pelo WhatsApp). É importante deixar claro que os interessados NÃO devem aceitar ligações falando sobre o programa com outros números. 

O principal e-mail relacionado ao Fundo Esperança é:

  • fundoesperanca@sedeme.pa.gov.br

Quem pode solicitar Cadastro Fundo Esperança 2021

E quem pode solicitar o cadastro Fundo Esperança em 2021? Essa nova edição do programa surge com uma grande novidade: cooperativas de agricultura familiar e transporte também podem pedir financiamentos. 

Os financiamentos de até R$ 15 mil do programa Fundo Esperança são PROIBIDOS para servidores e empregados públicos. Microempreendedores e pessoas jurídicas inativas ou que se inscreveram depois do Decreto Estadual 1.352/2021 também NÃO podem receber. Lembrando que quem tem direito ao Fundo Esperança vai obter diferentes pagamentos.

Os valores do financiamento Fundo Esperança ficam assim:

  • Até R$ 2 mil para empresários informais e membros da economia criativa;
  • Máximo de R$ 5 mil para microempreendedores em geral;
  • Até R$ 10 mil para microempresas.

Documentos para Financiamento Fundo Esperança 

Também é importante ficar atento para a lista de documentos para conseguir financiamento no Fundo Esperança. Quem for fazer a solicitação como pessoa jurídica deve apresentar uma lista de documentação e quem quiser como pessoa física precisa de outra lista. 

Integrantes da economia criativa ou empreendedores individuais devem apresentar a documentação pessoa física do Fundo Esperança:

  • Documento de identidade com foto;
  • Comprovante de residência no nome do beneficiário (ou declaração de residência – caso não tenha comprovante);
  • Certidão de Casamento/União Estável;
  • Procuração – em caso de uso do representante legal.

Os documentos para pessoa jurídica são:

  • Documento de identidade com foto dos sócios representantes legal(ais) da pessoa jurídica – se tiver algum sócio;
  • Documento de Identificação da pessoa jurídica (Certificado de MEI,  Contrato Social, Requerimento de Empresário Individual) de acordo com o porte;
  • Comprovante de domicílio da pessoa jurídica;
  • Comprovante de Residência no nome dos sócios.

Como fazer Inscrição Programa Fundo Esperança 

E como fazer a inscrição no Programa Fundo Esperança? Os únicos canais possíveis de comunicação são a central telefônica citada anteriormente ou o site oficial para quem quer fazer o cadastro. 

Os interessados em fazer a inscrição no Fundo Esperança devem:

  • Acessar o site Programa Fundo Esperança: http://sedeme.pa.gov.br/fundo-esperanca
  • Clicar na frase ‘FAÇA SUA INSCRIÇÃO AQUI’ ou no botão ‘CLIQUE AQUI’; 
  • Os interessados serão levados a um site do Banpará onde deverão fazer o cadastro; 
  • É necessário preencher todos os dados exigidos e os formulários com informações. 

Agora aguarde o retorno do Banpará ou de um dos parceiros (Sebrae ou Secretaria do Governo Estadual). As ajudas financeiras são para trabalhadores do estado do Pará especificamente. 

Para mais informações, além do site:
E-mail: fundoesperanca@sedeme.pa.gov.br;
Telefone institucional: (91) 98466-6404 (WhatsApp).

Quando vai abrir novas inscrições para o Fundo Esperança

A grande dúvida agora é a seguinte: quando vão abrir novas inscrições para o Fundo Esperança? A SEDEME ainda não informou novos prazos, mas como a adesão foi grande é possível que apareçam novas inscrições. 

No segundo semestre deste ano podem surgir novas inscrições para o Fundo Esperança, mas é necessário aguardar o desenvolvimento dos pagamentos atuais.

Bora Belém 2021 Renda Cidadã

Por fim, também começou o pagamento da renda cidadã Bora Belém 2021. Através do Banpará (Banco do Estado do Pará) estão sendo disponibilizados esses benefícios sociais através da prefeitura da capital do estado. 

O valor do Bora Belém Banpará é de R$ 450,00 para cada família em situação de vulnerabilidade social. O programa foi criado pela prefeitura e feito em cooperação com o governo do Estado e o Executivo municipal. O parceiro imediato é o banco que disponibiliza os valores.

O cadastro do Renda Cidadã para o Bora Belém alcançou cerca de 500 mil famílias, de acordo com dados da prefeitura. Para saber mais, acesse o site: https://www.banpara.b.br/

RENDA PARÁ 2021: Conheça mais detalhes sobre o Programa, NOVOS VALORES e CALENDÁRIO!

 

Leia Também